Onde fica o Serasa dos planejamentos que se foram

CategoriesCrônicasPosted on 0 comments on Onde fica o Serasa dos planejamentos que se foram

Talvez por ter vivido sem planos de absolutamente nada, sem entender direito o tal do amanhã, que esses planejamentos frustrados tragam a saudade com tanta força. Mas onde a gente consegue pegar uma fila, fazer um cadastro e esperar para cair no esquecimento feito uma dívida antiga? Deveria haver um Serasa para essas coisas.

Read more "Onde fica o Serasa dos planejamentos que se foram"

A arrogância é só uma paixão

CategoriesCrônicasPosted on 0 comments on A arrogância é só uma paixão

Sem palavras, talvez um pouco bêbado, quando uma mulher é interessante demais a ponto de a gente não saber o que falar. Ou a ponto de ficarmos a procura de qualquer coisa banal para perguntar, com medo que ela perceba que não somos tão interessantes o quanto elas são – ou o quanto elas pensam que somos.

Read more "A arrogância é só uma paixão"

A bola dos outros

CategoriesCrônicasPosted on 0 comments on A bola dos outros

Outro dia, vi duas crianças discutindo o futuro delas como profissionais. Uma queria ser desenhista, outra queria ser médica. Fiquei em choque. Quando eu era guri, queria ser jogador de futebol; igual à maioria dos meninos. Só queria jogar bola. Depois percebi que os meninos que jogavam bem tinham sempre mais atenção das meninas mais bonitas. Na rua, no colégio, na praia e até debaixo do viaduto.

Read more "A bola dos outros"