Telefone híbrido: fixo e celular juntos

Preocupado com a quantidade de taxas, aparelhos e contas diferentes que você precisa pagar de telefonia fixa e móvel? Pois, aos poucos, a chamada telefonia híbrida começa a ganhar corpo no Brasil, com as operadoras fazendo testes – e comercializando – os primeiros aparelhos que juntam o celular e o fixo em único produto, compartilhando contas e facilitando a vida do usuário. Em tese, o funcionamento é bem simples: quando você está em casa, o aparelho efetua ligações pela rede fixa; saiu de casa, o sinal de celular é utilizado para completar as chamadas. Confira como isso funciona e quais as estratégias das operadoras.

texto completo

Blackberry: computador (e telefone) na palma da mão

O nome é bem estranho, mas a febre é mundial. Finalmente, as operadoras começam a oferecer os aparelhos chamados de Blackberry, um fenômeno da telecomunicação moderna que já conquistou milhões de pessoas mundo afora, grande parte por conta da versatilidade de usar internet, telefonia, agenda e mensagens em um aparelho portátil, simples e direto. Relativamente desconhecido no Brasil, a investida chega com atraso para o usuário final, já que há um ano é oferecido apenas para empresas.

texto completo

Na corrida da internet banda larga, Nordeste fica para trás

Enquanto o mercado de trabalho se orgulha do destaque internacional que Pernambuco alcançou no setor de Tecnologia da informação, os usuários de informática ficam a ver navios quando o assunto é internet de alta velocidade. Sem exceção, hoje quem depende de uma conexão à web para trabalhar, ou apenas quer se divertir, encontra-se à mercê de um cenário onde quase não existe concorrência e, comumente, se depara com preços mais caros do que em outras regiões do País.

texto completo

Telemar quer expandir VoIP para todo o Brasil

Paulo Rebêlo Folha de Pernambuco – 22.março.2006 Com toda a reclamação das operadoras em relação ao uso da telefonia pela internet (VoIP, do inglês voz sobre IP), aos poucos elas começam a oferecer soluções próprias para os clientes, sem a necessidade de um computador ou de acessórios externos. A Telemar já começou, por enquanto apenas nas cidades do Rio de Janeiro, Niterói, Belo Horizonte e Governador Valadares. Batizado de OiVOIP, o serviço está em expansão para outras cidades brasileiras e deve chegar ao Nordeste pelos próximos meses, segundo confirma a própria empresa. Reportagens anteriores (veja ao lado) reveleram o que analistas da indústria já antecipavam: as operadoras não têm como – e não querem – reverter a situação. Para não perder mercado, oferecem o serviço, mais caro, mas que abocanha uma considerável fatia de clientes por conta das facilidades práticas. Não é preciso contratar outra empresa/plano e nem entender de informática. No caso da Telemar, o OiVOIP só faz ligações para Estados Unidos e Canadá. O principal diferencial é não haver necessidade de usar o computador, basta ter uma conexão em banda larga (Velox) e um telefone comum. A Telemar vende o adaptador para ser acoplado no aparelho convencional, que

texto completo

Regras de telefonia para internet não mudam

Paulo Rebêlo Folha de Pernambuco – 08.março.2006 Novo capítulo da novela para quem usa internet discada (modem e linha telefônica) no Brasil. Após meses anunciando as novas regras da telefonia, quando a tarifação por pulsos seria convertida à cobrança de minutos das ligações, o Governo Federal resolveu voltar atrás e suspender a mudança por completo. A conversão para minutos representaria um aumento de até 150% na conta telefônica para os internautas de linha discada, a ampla maioria no País, conforme reportagens e cálculos de institutos de defesa do consumidor reveleram, seguidas vezes. O Ministro das Comunicações, Hélio Costa, garante que o adiamento da conversão será de, no mínimo, mais um ano. O início da mudança entraria em vigor este mês e se completaria até o final de julho. As operadoras, inclusive, já haviam anunciados tarifas e informativos para explicar aos clientes os novos preços, como foi o caso da Telemar com o site www.telemar.com.br/minuto O ministro justifica a decisão de revogar a conversão ao afirmar que a mudança traria prejuízos para os consumidores – um fato identificado desde o primeiro dia do anúncio da mudança, por associações e usuários de internet. Segundo cálculos do Instituto de Defesa do Consumidor (Idec), ligações

texto completo

Internet discada sem limite de horários

Paulo Rebêlo Folha de Pernambuco – 22.fevereiro.2006 A exemplo do que ocorre em outras regiões do Brasil, finalmente a área coberta pela Telemar entra na rota do acesso discado à internet sem limite de horários. O plano “Internet sem limites” está ativado, permitindo ao usuário conectar em qualquer hora do dia sem pagar os pulsos telefônicos. Por R$ 29,90 mensais, você usa a mesma linha telefônica e modem, pode ficar até 24h online, qualquer dia da semana, sem esperar feriado ou aguardar até o relógio marcar meia-noite. Com o “Internet sem limites”, os pulsos telefônicos não são contabilizados na conta do cliente. O plano é oferecido por meio de um 0800 geral da empresa, pelo qual o cliente pode solicitar instalação de Velox (banda larga), nova linha, reparos e outros serviços agregados. De acordo com as informações repassadas pelos atendentes da Telemar, qualquer um dos funcionários do atendimento desse plano está habilitado a cadastrar a linha do usuário. Com a linha cadastrada, em menos de uma hora você já pode se conectar à internet sem limite de pulsos. Entretanto, vale realçar que há uma condição: o provedor de acesso precisa ser da Rede Telemar, ou seja, o número de conexão tem

texto completo

Internet três vezes mais cara

Paulo Rebêlo e Luísa Abreu Folha de Pernambuco – 08.fevereiro.2006 A partir do próximo mês, a Telemar começa a mudar a tarifação das contas telefônicas. Em Pernambuco, a previsão oficial é de que a novidade tenha início em março e, até 31 de julho, 97% dos telefones da operadora deixem de registrar pulsos para contabilizar minutos de ligação. A conversão para minutos beneficia diretamente quem faz ligações curtas (de até três minutos) enquanto, por outro lado, triplica o custo de quem acessa internet por linha discada, ou seja, todas aquelas pessoas que ainda não migraram para um plano de banda larga. A mudança de tarifação tem sido discutida desde o ano passado. As idéias iniciais eram de diminuir o custo da assinatura fixa, que hoje custa R$ 40, e diminuir o encargo financeiro das pessoas que usam telefone. Meses de debates entre as operadoras telefônicas e a Anatel levaram a uma resolução padronizada para todo o País: as ligações precisam ser cobradas por minutos, não mais por pulsos telefônicos. Cada pulso, hoje, representa quatro minutos de conversa. A assinatura mensal permanece a mesma. Segundo a coordenadora do Departamento de Relações Institucionais da Pro Teste, Maria Inês Dolci, “a mudança irá

texto completo

Skype nacionaliza ligações pela web

Paulo Rebêlo Folha de Pernambuco – 08.fevereiro.2006 Depois de chegar oficialmente ao País e interligar os brasileiros no mundo da tecnologia de voz sobre IP (VoIP), o Skype agora quer ir além. A empresa se aliou à operadora fixa Transit Telecom para oferecer o SkypeIn, serviço que permite ligações de aparelhos comuns para o computador. Isto é, você pode ligar de um orelhão na rua ou do telefone de casa para um usuário que tenha o Skype instalado no computador. Quem receber a ligação, atende pelo PC normalmente, como se fosse um terminal telefônico. O SkypeIn é um dos principais serviços oferecidos pelo Skype no mundo, junto com o SkypeOut (já disponível no Brasil) que permite usar o computador para efetuar ligações para qualquer lugar com tarifas até 90% mais baratas, a depender da localidade. A parceria com a Transit é inédita na América Latina e revela a estratégia do Skype para abocanhar um pedaço do bolo das teles. Ao adquirir o serviço SkypeIn, o usuário recebe um número de telefone. É para este número que qualquer pessoa poderá telefonar e você receber. Igual à telefonia fixa. A consultora em tecnologia móvel Bia Kunze resolveu aderir. Comprou dois números em

texto completo

Skype chega ao Brasil

Paulo Rebêlo Folha de Pernambuco – 14.dez.2005 Ele é o terror das operadoras de telefonia e o ícone máximo de uma revolução nem um pouco silenciosa. Estamos falando do Skype, o programa mais popular para realizar chamadas telefônicas pela internet, consagrando a tecnologia de voz por IP (VoIP), também chamada de telefonia IP. Após meses de estruturação e negociações, a empresa oficializou a chegada ao Brasil, inclusive, abrindo escritório no País e fechando parcerias com companhias locais. Antes de anunciar o aporte, o Skype ganhou nova versão (2.0) com recursos extras. O principal é a inclusão de vídeos durante as ligações. Quem tem webcam pode transformar o programa em um vídeofone, conversando com qualquer pessoa, em qualquer lugar do mundo. Lembre-se que o Skype é gratuito e só precisa de uma conexão internet para funcionar, além de poder fazer chamadas para telefones convencionais, públicos e celulares. O Brasil é o quarto país mais ativo do Skype. Não à toa, a empresa resolveu abrir um escritório em São Paulo. Um dos resultados práticos é a parceria com a Telelistas, líder no mercado nacional de listas telefônicas. Ao instalar o Skype Toolbar – uma barra de ferramentas para Internet Explorer ou Firefox

texto completo

Site Footer

Sliding Sidebar

Instagram