Montreal vive crise depois de perder dois prefeitos suspeitos

Paulo Rebêlo Folha de S. Paulo – 31.agosto.2013 (link) Quando Michael Applebaum, 50, assumiu a Prefeitura de Montreal, em novembro de 2012, renovou as esperanças de muitos canadenses que se mostravam fartos com a corrupção que assolava a Província de Québec. Mas quando Applebaum foi preso, na própria prefeitura, oito meses depois, ninguém mais tinha palavras para descrever o que estava acontecendo na cidade. Com 1,7 milhão de habitantes, Montreal é a segunda maior cidade do Canadá, atrás de Toronto. A renúncia do prefeito e a prisão do interino, meses depois, abalou as estruturas políticas de um país até então considerado um dos menos corruptos do mundo. Ex-corretor de imóveis, Applebaum entrou para a política em 1994, eleito ao Conselho Municipal. Em 2001, foi eleito prefeito de uma municipalidade de Montreal. Sua ascensão ganhou impulso graças ao prefeito, Gérald Tremblay, que o indicou pro Comitê Executivo de Montreal, um colegiado que controla o orçamento e leis municipais. Dois anos depois, Tremblay promoveu Applebaum a chefe do grupo. O prefeito renunciou em novembro do ano passado, sob acusações de corrupção –que ele nega. Applebaum assumiu interinamente, tornando-se o primeiro prefeito anglófono na francófila Québec em cem anos e o primeiro judeu

texto completo

Contas públicas serão rastreadas

CONTROLE // Três municípios pernambucanos vão passar, em até duas semanas, por fiscalizações da CGU Paulo Rebêlo Diario de Pernambuco 02.novembro.2008 Durante o primeiro ano de mandato, ao menos três prefeitos eleitos em Pernambuco vão encontrar pela frente um problema bem específico de 200 páginas. É o tamanho médio dos minuciosos relatórios da Controladoria Geral da União (CGU) para cada município sorteado, dentre 60 cidades brasileiras, onde uma equipe irá conferir pessoalmente os meandros das contas públicas em cada local: aplicação de recursos federais, transferências obrigatórias, repasse de verbas para saúde e educação e assim por diante. As equipes iniciam o trabalho em até duas semanas.

texto completo

O que esperar do futuro prefeito?

RECIFE // Campanha eleitoral tem início oficialmente neste domingo e, com ela, começa o período de discussão sobre os problemas da cidade ___ Paulo Rebêlo Diario de Pernambuco 06.julho.2008 ___ Ser prefeito de uma cidade como o Recife requer várias qualidades. E ter boa memória deveria ser uma das principais virtudes exigidas pelo eleitor, cujas recordações políticas são, historicamente, poucas. Memória para lembrar, depois de eleito, todas as promessas da campanha eleitoral que se inicia oficialmente neste domingo. Memória para recordar os problemas crônicos, atemporais, imemoriais do Recife. Memória para ter humildade, buscando soluções pragmáticas para o grande desafio de gerenciar uma cidade que é ícone de tantos índices sociais negativos.

texto completo

PPP: instalação de nova geração de presídios sob ameaça

RECUO // Prefeitura de Itaquitinga pode não ceder terreno para presídio estadual Paulo Rebêlo Diario de Pernambuco – 16.março.2008 fotos: Juliana Leitão/DP Itaquitinga (PE) – Presídio de última geração, mais de três mil vagas, melhores condições para os detentos e a primeira Parceria Público-Privada (PPP) do sistema penitenciário brasileiro, cujo valor pode chegar a R$ 250 milhões. É a promessa do Governo de Pernambuco, que deve publicar até o final deste mês o edital para construção do Centro Integrado de Ressocialização de Itaquitinga, a 66 km do Recife, na Mata Norte. Só há um problema: a prefeitura desta cidade perdeu a confiança no governo, após um longo processo de convencimento para que o município aceitasse a chegada do presídio e todas as conseqüências decorrentes do processo.

texto completo

Câmara cassa mandato do prefeito de Custódia

CONTROVÉRSIA // Dia tumultuado teve nova suspensão da sessão e até detenção de vereador Paulo Rebêlo Diario de Pernambuco – 08.março.2008 O clima pesou em Custódia, a 340 km do Recife, no sertão do Moxotó. A cidade parou para acompanhar, durante a manhã de ontem, o resultado da sessão na Câmara de Vereadores para destituir do cargo o prefeito Nemias Gonçalves de Lima (PSB). Ele é acusado pela oposição de uma série de irregularidades na esfera político-administrativa. Com nove vereadores na cidade, dos quais apenas três são do grupo aliado ao gestor, a sessão para votar o impedimento já foi adiada várias vezes por meio de liminares na Justiça e o nível de tensão chegou ao ápice quando a polícia deu voz de prisão ao presidente da Casa, Cristiano Teixeira Dantas (DEM), principal voz opositora ao prefeito. Ele foi solto três horas depois, após prestar esclarecimentos, mas as versões são contraditórias.

texto completo

Eduardo pede apoio dos prefeitos contra o crime

GESTÃO // Governador presta contas da administração durante debate sobre segurança pública Paulo Rebêlo Diario de Pernambuco – 28.fev.2008 Com o governador por perto, não há prefeito que ouse jogar a responsabilidade da segurança pública para cima do governo estadual ou federal, embora sejam os responsáveis pelo setor. E não foi diferente, ontem, durante seminário sobre o papel das prefeituras na segurança, promovido pela Associação Municipalista de Pernambuco (Amupe). A proposta do debate é abrir os olhos dos gestores para a questão, a partir de estudos e experiências exitosas quando as prefeituras entram em cena, de forma ativa, em vez de aguardar as resoluções (e verbas) estaduais e federais. É a mesma recomendação de especialistas em segurança, cansados de falar sobre as possibilidades de programas e pequenas ações municipais as quais, a curto e a longo prazo, reduzem consideravelmente o índice de violência nas cidades.

texto completo

Políticos fazem o caminho de Bogotá

RECIFE // Experiência de cidade colombiana no combate à violência estimula debate sobre o papel da prefeitura na segurança pública Paulo Rebêlo Diario de Pernambuco – 10.fev.2008 Bogotá tornou-se o santo graal dos políticos pernambucanos quando o assunto é segurança. A partir de um hiato pouco compreendido pela população, a redução de crimes na cidade colombiana agora integra os projetos de governo, discursos, entrevistas e sugestões para os gestores públicos locais, como se fosse a solução-mór dos índices de violência no Brasil – comparados aos números de guerra civil em países africanos.

texto completo

A violência no foco das eleições para prefeito

RECIFE // Pré-candidatos prometem atacar gestão municipal por inércia no combate ao crime Paulo Rebêlo Diario de Pernambuco – 10.fev.2008 foto: Ricardo Fernandes/DP Sequer os nomes dos candidatos à prefeitura do Recife estão confirmados, mas uma coisa já é certa: a segurança pública será o principal mote de campanha de todos eles. E a prefeitura, por sua vez, o principal alvo dos ataques – tendo como base a tímida participação das gestões municipais na segurança. Pela Constituição Federal, o setor é de responsabilidade dos governos estaduais e da União, não dos municípios. No entanto, diante do atual quadro em Pernambuco – sempre no topo dos ranking de violência – a cobrança será generalizada e atinge todos os setores da administração.

texto completo

Site Footer

Sliding Sidebar

Instagram