Como e por que instalar Windows no Mac?

Paulo Rebêlo UOL / Webinsider – 23.out.2012 link Muita gente acha uma heresia colocar Windows no Mac. É pueril demais toda a velha discussão sobre qual seria o melhor sistema operacional no mercado. Para profissionais da área, acredito que a questão ultrapasse modismos ou preferências pessoais. Há uma série de razões para ter o Windows a tiracolo. A primeira delas é de natureza pragmática: o mundo inteiro ainda usa Windows. Mesmo que todos os seus amiguinhos tenham comprado um Macbook. A segunda é de natureza técnica, embora eventual. Quem tem a infelicidade de depender do Microsoft Office já deve ter notado que trata-se da pior experiência que se tem no Mac. Leia mais aqui. Os aplicativos do Office para Mac são pesados, travam sem motivo aparente e estão sempre um passo atrás em termos de recursos quando comparados ao Office para Windows. Quer alternativas? Leia aqui. Problema mesmo é se você depender profissionalmente do Excel. Apesar do limite matemático ser de pouco mais de 1 milhão de linhas a partir do Excel 2007, a versão para Mac simplesmente não consegue gerenciar direito planilhas com milhares de registros. Se você abrir um arquivo gigante no Excel 2010 do Windows, funciona bem. No Excel

texto completo

Windows 8: novos recursos e velhas frustrações

Integração nativa ao Skydrive, sincronização na nuvem e visual de tablet são os principais trunfos do Windows 8. Basta uma única conta para acessar sua vida transformada em arquivo, a exemplo do iCloud do Apple. Paulo Rebêlo Webinsider / UOL – 20.outubro.2012 link Muita gente tem se manifestado negativamente sobre o novo visual do Windows 8. Não existe mais o botão Iniciar e, às vezes, é preciso gastar um ou dois cliques a mais para encontrar algo. Exemplo: para descobrir onde estão “todos os programas”, temos que levar o mouse até o canto inferior da tela, esperar abrir uma barra, clicar com o botão direito, depois clicar no ícone que vai aparecer ao fazer isso, para só então escolher “todos os apps”. Sim, porque agora os programas são chamados de apps e a Microsoft criou sua própria Windows Store para baixar e comprar aplicativos e jogos. O botão Iniciar, um ícone do sistema operacional desde o Windows 95, sai totalmente de cena e dá espaço a uma interface com jeito de tablet. É uma tentativa curiosa de aproximar o PC doméstico da mobilidade dos portáteis. A interface é a mesma para usar mouse e o teclado; e também os dedos

texto completo

Alternativas ao Microsoft Office para Mac

Paulo Rebêlo Webinsider, 21 de março de 2011 link Existe vida além do Microsoft Office para Mac. Principalmente para profissionais que trabalham escrevendo. O popular OpenOffice também tem versão para Mac. E é praticamente idêntico ao pacote para Windows. Ou seja, se você gosta, vai continuar gostando. Se não gosta, continue longe. Os aplicativos são honestos. A exemplo da opção para Windows, falta um programa de e-mail, há recursos deixados de fora e o pacote não é tão leve quanto poderia ser. Tem bugs do mesmo jeito. Mas atende a tudo que 90% dos usuários precisam. Um “genérico” do OpenOffice é o NeoOffice. É honesto, vale a tentativa, chega a ser mais interessante no Mac do que o OpenOffice. Os dois, contudo, pecam pela interface. Visual espartano. Chega a dar pena olhar para janelas e ícones tão pobres no MacOS. Se visual for besteira para você, tente os dois. Até o Pages é mais requintado do que o OpenOffice no Mac. E por falar nele, tente experimentar esse programa “desconhecido” dos usuários Windows. É a solução integrada ao pacote iWork (2009), da própria Apple. Ao usar o Pages, você pode salvar todos seus arquivos com uma cópia em formato .doc automaticamente. Vai resolver questões de

texto completo

Microsoft Office 2011 para Mac

Novos recursos e visual renovado contrastam com problemas de performance e bugs inexplicáveis. Paulo Rebêlo // Webinsider O jeito mais fácil de ter dor de cabeça no Mac é usar qualquer programa da Microsoft. São pesados, bugados e não funcionam direito. A opção simples seria deixá-los de lado. Contudo, por incompetência ou falta de interesse da própria Apple, até hoje não apareceu um substituto ao Microsoft Office para Mac no ambiente corporativo. O novo Office 2011 para Mac é, de fato, um grande avanço quando comparado às versões 2008 e 2004. Não à toa, os primeiros reviews do produto são só elogios. Primeiro, porque as versões anteriores são muito ruins. Segundo, porque só depois de um certo tempo de uso vamos descobrir que nem tudo são flores.

texto completo

O que significa migrar do PC para o Mac

Paulo Rebêlo Webinsider – UOL| 06.jan.2011 Não é fácil, são 20 anos de Windows. Sobretudo porque não é apenas um sistema operacional, é todo um ecossistema com direito a Office, tela azul da morte (BSOD), conflitos de hardware, DLL’s corrompidas, falhas de proteção geral, discos rigídos fragmentados, partições invisíveis, centenas ou milhares de testes de aplicativos em versões beta, horas e horas explorando códigos e registros escondidos, mistérios quase sobrenaturais e muita reza braba com água benta. Enfim, muitas dores de cabeça e, justiça seja feita, muitas alegrias também. Então, quando me perguntam como é abandonar todo esse histórico e migrar para a plataforma Mac, tenho duas respostas.

texto completo

Instalou Windows 7 e se perdeu? A gente ajuda

Dicas para melhorar a performance e a experiência do usuário: atalhos de teclado, barra de tarefas, media player, busca, carregar menos serviços, visual translúcido (Aero), Internet Explorer 8 e Firefox, desinstalação de componentes, vLite, antivírus… Paulo Rebêlo Webinsider | 25.out.2009 Quem usa o Vista e instala o Windows 7 parece entrar em êxtase. Depois de certo tempo de uso, porém, há pequenos detalhes que podem irritar uma parcela de usuários. Como de praxe nos produtos da Microsoft, a solução você não encontra facilmente. Vamos tentar ajudar com as principais dicas menos óbvias, nada de ‘como mudar meu papel de parede’ ou ‘como mudar meu tema padrão’. A primeira coisa que você precisa saber é que a Microsoft tem um utilitário gratuito para formatar seu pendrive e instalar o Windows 7 a partir da porta USB, sem precisar gravar um DVD ou usar drives externos. Útil para quem comprou o Win7 via download, tem conta de beta-tester e baixou o arquivo ISO, não tem drive de DVD ou simplesmente resolveu usar a versão piratão. Basta pegar o utilitário no site oficial aqui e rodar. Você precisa de um pendrive com pelo menos 4 GB e seu computador não pode ser muito velho, pois

texto completo

Windows 7

É melhor que o Vista, pede menos da máquina, mas é uma maquiagem. Paulo Rebêlo Webinsider – 18.junho.2009 O ciclo de desenvolvimento do Windows 7 chega ao fim. As próximas e poucas versões de testes antes da edição final servem apenas para conferir retoques pontuais no código, sobretudo na compatibilidade com softwares de terceiros. Se você ainda não conhece o novo Windows, leia esta análise publicada no UOL. Até meados de julho, fabricantes recebem a versão final (RTM, da siglaRelease to Manufacturing) e em outubro a caixinha com o novo Windows chega às lojas, de acordo com a previsão oficial da Microsoft. Pode atrasar, claro, mas não há motivos aparentes porque o Windows 7 está pronto há muito tempo, antes mesmo de entrar na linha de produção. A explicar.

texto completo

Por dentro do o Windows 7: conheça antes de instalar

Paulo Rebêlo UOL Tecnologia | 15.dezembro.2008 link original | veja imagens do Win7 A Microsoft promete liberar a versão beta 1 do Windows 7 para o público em geral até fevereiro de 2009. Então, qualquer um poderá instalar e usar o novo sistema operacional enquanto ele ainda não é finalizado. O sucessor do Windows Vista segue o mesmo caminho adotado em 2006, quando milhares de pessoas baixaram gratuitamente do site da Microsoft edições em inglês do Vista, ainda não completas.

texto completo

Site Footer

Sliding Sidebar

Instagram