A pizza de um mercado sem rumo

Já passava de 22h00 e todos na agência perceberam que não daria tempo de sair para jantar e talvez nem voltar para casa. Às vezes falhamos, é verdade, mas a regra é entregar os projetos dentro do prazo – mesmo que seja preciso dormir aqui no sofá, como tantas vezes ocorreu.

texto completo

Manari por ela mesma

Universitária nascida na pior cidade do Brasil filma a vida de seus conterrâneosPaulo Rebêlo (texto & fotos)Carta Capital – ed. 619 – 27 de outubro de 2010link original no site da revistaNão foi preciso tanto tempo para a “pior cidade do Brasil” virar um pequeno oásis no meio do sertão nordestino. Manari, 400 km a sudoeste de Recife, divisa entre Pernambuco e Alagoas, deixou de ser o retrato do subdesenvolvimento para transformar-se em ícone de um Brasil profundo. Tem a cara, o cheiro e o jeito de centenas de municípios que a maioria das pessoas nunca ouviu falar e nunca irá conhecer. Com segredos paulatinamente esquecidos ou enterrados.  

texto completo

Seis horas que valem uma vida

Jovens do Sertão do Pajeú fazem visita cultural ao Recife e descobrem que o mundo real pode ser mais vibrante que as páginas dos livros didáticos Paulo Rebêlo Diario de Pernambuco 26.janeiro.2009 Se você tivesse apenas uma tarde para conhecer o Recife, ciente de que talvez não haja outra oportunidade de voltar, para onde você iria? E se você nunca viu o mar, nunca colocou os pés na areia da praia em toda sua vida, onde valeria a pena passar a única tarde disponível? Para 80 alunos do Centro da Juventude (CJ) de Afogados da Ingazeira, no Sertão do Pajeú a 380 quilômetros do Recife, a parada foi certeira: o Instituto Ricardo Brennand, no bairro da Várzea.

texto completo

Prefeituras desperdiçam R$ 3 milhões

INCOMPETÊNCIA // Recursos existentes na secretaria estadual de Desenvolvimento Social são desprezados por gestores Paulo Rebêlo Diario de Pernambuco 30.novembro.2008 Incompetência técnica de gestores públicos e irregularidades na prestação de contas de vários prefeitos em Pernambuco. Eis as duas principais causas para o desperdício de R$ 3 milhões em verbas estaduais na virada deste ano. O dinheiro deveria ser aplicado em obras de assistência social, mas precisou ser realocado para outras áreas. Por não apresentar prestação de contas ou sequer se interessar pela aplicação das verbas, pelo menos 40 municípios perderam o contingente garantido pela Secretaria Estadual de Desenvolvimento Social e Direitos Humanos.

texto completo

Brazil becomes antipoverty showcase

Christian Science Monitor Nov 14, 2008 Stories by: Sara Miller Lana Photos by: Paulo Rebêlo ( link ) In the arid, impoverished expanse of northeast Brazil, Cumaru is the town no one’s ever heard of. And once you get here, Maria Joelma da Silva’s house is a 20-minute ride beyond where the paved road ends. [ read the rest here ]

texto completo

Bolsa Família ajudou a eleger muitos prefeitos

Balanço // Programa virou moeda eleitoral para aliados do governo e até para oposição Paulo Rebêlo Diario de Pernambuco 02.novembro.2008 Com o fim das eleições, analistas e setores da oposição apressaram-se em desvincular o Bolsa Família do resultado do pleito municipal. Em parte, devido à fraca conquista eleitoral do PT nos grotões de pobreza. Em Pernambuco, somente oito cidades elegeram prefeitos petistas. Nacionalmente, o PT (sozinho) também perdeu nos pequenos municípios. No entanto, ao contabilizar a base de apoio do governo e somar com a oposição que “abraçou o Bolsa Família”, nota-se como o programa pode ter sido, sim, uma das principais moedas eleitorais no interior. Estudar a hipótese, contudo, é ruim para a oposição e pior ainda para o governo. Não à toa, pouco se discute o assunto.

texto completo

Manari não é mais a mesma

SERTÃO // Município vive bom momento com a chegada de recursos federais e estaduais Paulo Rebêlo (texto/fotos) Diario de Pernambuco 12.outubro.2008 Manari – Ninguém consegue mais ouvir falar de Manari, a suposta cidade com o menor Índice de Desenvolvimento Humano (IDH) do Brasil. Nem mesmo a população local, acostumada com a exagerada midiatização sobre fome e pobreza. Há três anos, no mínimo, Manari deixou de ser uma cidade isolada e pobre, diante da quantidade de projetos implementados ali.

texto completo

Novo ranking classifica desenvolvimento municipal

Pesquisa // Estado perdeu duas posições enquanto oito cidades cresceram mais do que 50% Paulo Rebêlo Diario de Pernambuco // 31.agosto.2008 Lagoa do Ouro, Jurema, Jucati, Orobó, Vertentes, Frei Miguelinho, Brejão, Lagoa de Itaenga. Nem todo pernambucano sabe onde ficam estes oito municípios no interior do estado, espalhados geograficamente e à primeira vista sem nada em comum. Para os governos, contudo, podem representar uma oportunidade de aprendizado sobre políticas públicas e desenvolvimento. Ao menos no que depender do Índice Firjan de Desenvolvimento Municipal (IFDM), uma nova classificação elaborada pela Federação das Indústrias do Rio de Janeiro, cobrindo os 5.564 municípios brasileiros. ´

texto completo

Site Footer

Sliding Sidebar

Instagram