Às margens da transposição

Paulo Rebêlo (email) Terra Magazine | 14.novembro.2009 Ao estacionar o carro debaixo de uma árvore para se proteger do sempre escaldante sol sertanejo, conseguimos avistar Tonha de longe. Fui a seu encontro muito satisfeito, não apenas por ter conseguido visitar novamente aquela família a quem eu tanto devia. Mas, também, por enfim cumprir uma promessa feita um ano antes naquele mesmo local, sob aquele mesmo teto, às margens do rio São Francisco na Ilha de Assunção em Cabrobó, Sertão de Pernambuco. Abri um sorriso para Tonha e apressei-me em dizer: não esqueci. Mostrei as fotografias da família dela e lembrei do desafio de seu pai quando disse que dificilmente voltaríamos para visitá-los.

texto completo

Instalou Windows 7 e se perdeu? A gente ajuda

Dicas para melhorar a performance e a experiência do usuário: atalhos de teclado, barra de tarefas, media player, busca, carregar menos serviços, visual translúcido (Aero), Internet Explorer 8 e Firefox, desinstalação de componentes, vLite, antivírus… Paulo Rebêlo Webinsider | 25.out.2009 Quem usa o Vista e instala o Windows 7 parece entrar em êxtase. Depois de certo tempo de uso, porém, há pequenos detalhes que podem irritar uma parcela de usuários. Como de praxe nos produtos da Microsoft, a solução você não encontra facilmente. Vamos tentar ajudar com as principais dicas menos óbvias, nada de ‘como mudar meu papel de parede’ ou ‘como mudar meu tema padrão’. A primeira coisa que você precisa saber é que a Microsoft tem um utilitário gratuito para formatar seu pendrive e instalar o Windows 7 a partir da porta USB, sem precisar gravar um DVD ou usar drives externos. Útil para quem comprou o Win7 via download, tem conta de beta-tester e baixou o arquivo ISO, não tem drive de DVD ou simplesmente resolveu usar a versão piratão. Basta pegar o utilitário no site oficial aqui e rodar. Você precisa de um pendrive com pelo menos 4 GB e seu computador não pode ser muito velho, pois

texto completo

Quanto vale para você o serviço de e-mail?

Se o e-mail é realmente importante para você, veja algumas alternativas para personalizar e manter seguro seu endereço principal, aquele que você não coloca em formulários na internet e nem usa em listas de discussão. Paulo Rebêlo Webinsider – 02.out.2009 Está na moda dizer que e-mail virou coisa de tiozinho. Em tempos de Twitter, Facebook e Gtalk, é no mínimo curioso como o planeta inteiro entra em pânico quando o Gmail sai do ar. Se o e-mail ainda é tão importante para as pessoas, por que elas preferem depender quase exclusivamente de um serviço gratuito? Muita gente garante que é porque o Gmail ainda é a melhor opção disponível. Talvez seja, mas é bom ter opções. Sobretudo porque em geral só temos como referência comparativa o e-mail do provedor de acesso. Vejamos abaixo algumas alternativas para quem deseja personalizar um endereço realmente importante, daqueles que você não coloca em formulários na internet e nem usa em listas de discussão. Para os novatos, uma dica rápida: POP3 é o serviço que permite baixar as mensagens para seu computador, via Outlook, Thunderbird e outros. IMAP é o protocolo que faz sincronia entre seu computador e o servidor, ou seja, ele não baixa as

texto completo

O fim do telefone fixo… e dos números fantasmas

Paulo Rebêlo Webinsider – 17-set-2009 A segunda melhor coisa que fiz na vida foi abandonar o telefone fixo, há cerca de cinco anos. A primeira foi me livrar de vez da televisão em casa, bem antes. Jogar o aparelho de telefone pela janela foi um ato que me livrou não exatamente da operadora, mas da pilantragem que todas as telefônicas fazem com milhões de pessoas no país: repassar números antigos como se fossem novos. Não existe monge budista que mantenha a serenidade quando, às 7h da manhã de um sábado, alguém liga perguntando se é do consultório do Dr. Fulano. Seguidas vezes. Todos os sábados. E não acredita que nunca houve um Dr. Fulano com este número. O problema é que houve um Dr. Fulano. E além de consultório médico, também foi o número de umas três famílias diferentes, uma veterinária e um centro comercial. Eu tinha aquela linha há quinze anos e tudo corria bem, até que resolvi me mudar para umas cinco quadras adiante e a operadora trocou meu número. Garantiram nunca ter sido usado. É claro que fora uma mentira, como tantas outras que a gente escuta todos os dias do atendimento ao consumidor. Mas como você

texto completo

Máfia do Velox e maracutaias da banda larga

Com planos de telefonia e internet banda larga, a GVT pode se tornar a primeira e única concorrente da Oi-Telemar na região Nordeste para internet ADSL. Isso depois de 11 anos da privatização da Telebrás, quando o objetivo declarado fora ampliar o leque de ofertas a partir da concorrência direta entre empresas e, assim, baixar o custo para consumidor. O tempo passou, a concorrência nunca chegou e até hoje persiste a máfia com os serviços de banda larga no Brasil. Com acesso irrestrito ao sistema, funcionários ou pessoas muito bem relacionadas anunciam, por baixo dos panos, planos de conexão super rápidos para quem se arrisca a pagar ?unzinho por fora?. E o mais interessante: em qualquer cidade e independente da tal ?viabilidade técnica? que as atendentes da Oi-Telemar repetidamente anunciam. Além de blogs e fóruns, há até mesmo domínios próprios (exemplos aqui e aqui) pelos quais a mutreta é oferecida, dando a entender que seja algo juridicamente legal e com respaldo da empresa. Um dos exemplos ensina que o upgrade ocorre ?através de uma equipe monitorada e supervisionada dentro da Velox, aumentando sua velocidade da sua internet diretamente no sistema Velox? … e em outro exemplo, o mutreteiro deixa claro que ?o aumento da velocidade

texto completo

O que eu aprendi com o twitter

Paulo Rebêlo Webinsider | 01.set.2009 Todo dia, tento resistir à tentação de abrir minha página inicial do Twitter. É que, assim como a febre dos blogs entre 2001 e 2005, ler a tuitada alheia passou a despertar um sentimento aparentemente muito feio e mesquinho em mim: a inveja. Se na época dos blogs eu achava que todo mundo tinha parado de trabalhar para viver blogando o que faz da vida, hoje em dia, com o twitter, eu quero é o emprego de todo mundo. Eu vi um pombo cor-de-rosa na janela. Tuíte. Meu chefe chegou, hora de trabalhar. Tuíte. Cinco minutos depois, o chefe foi embora. Tuíte. Bom dia a todos. Tuíte. Vou ali almoçar. Tuíte. Tô cansado, hoje trabalhei demais. Tuíte. Até amanhã, twitters. Tuíte. Tuíte. Tuíte. Tuíte. Se a ferramenta diz que cada pio deve ter 140 caracteres, não entendo por que metade das pessoas não se contenta e escreve três, quatro, cinco tuítes de uma vez só como se fosse um post de blog? Daqui a meia hora, vão escrever mais três ou quatro seguidos. Não sou inteligente o suficiente para dizer que são burras e que é para tuitar uma vez só. Não sou médico para dizer que é

texto completo

Tamiflu, medicamento contra gripe suína, é muito pouco explicado

Paulo Rebêlo Diario de Pernambuco | 09.ago.2009 Entre o ano 2000 e outubro de 2006, somente no Japão morreram 54 pessoas em decorrência de supostos efeitos colaterais relacionados ao medicamento Tamiflu. Entre elas, 16 eram crianças ou adolescentes e em boa parte dos óbitos há indícios claros de tentativas de suicídio. Os números são públicos e fazem parte do banco de dados do Ministério da Saúde daquele país. Em 2007, o governo japonês proibiu de vez a ingestão de Tamiflu por menores de idade, depois que novos dois casos foram relatados às autoridades sobre adolescentes que pularam do segundo andar enquanto se tratavam com Tamiflu. Relatos parecidos também são encontrados em outros países, embora até hoje ninguém tenha conseguido comprovar cientificamente uma relação direta. Enquanto isso, o Tamiflu continua a ganhar novos mercados, principalmente em países subdesenvolvidos que somente agora, com a epidemia da gripe suína, estão conseguindo importar ou comercializar o remédio que, por sinal, não é barato. O Tamiflu é o mesmo remédio que tem sido encarado pelo governo brasileiro como o santo graal da luta contra a gripe suína. Os médicos protestaram contra as limitações e o governo cedeu. Hoje, qualquer médico pode receitar o Tamiflu de acordo

texto completo

Windows 7

É melhor que o Vista, pede menos da máquina, mas é uma maquiagem. Paulo Rebêlo Webinsider – 18.junho.2009 O ciclo de desenvolvimento do Windows 7 chega ao fim. As próximas e poucas versões de testes antes da edição final servem apenas para conferir retoques pontuais no código, sobretudo na compatibilidade com softwares de terceiros. Se você ainda não conhece o novo Windows, leia esta análise publicada no UOL. Até meados de julho, fabricantes recebem a versão final (RTM, da siglaRelease to Manufacturing) e em outubro a caixinha com o novo Windows chega às lojas, de acordo com a previsão oficial da Microsoft. Pode atrasar, claro, mas não há motivos aparentes porque o Windows 7 está pronto há muito tempo, antes mesmo de entrar na linha de produção. A explicar.

texto completo

Site Footer

Sliding Sidebar

Instagram