Conselho Federal de Jornalismo

Sem consenso não há democracia

Paulo Rebêlo
Observatório da Imprensa, 24.agosto.2004

A expressão do título soa como demagogia barata. Talvez até o seja. Porém, a manutenção e o fortalecimento da democracia também são outras duas bandeiras levantadas por quem defende a criação do Conselho Federal de Jornalismo da forma como está encaminhado. Pois bem, então falemos de democracia.

Há algo claro como a luz do dia: se temos metade a favor e outra metade contra, então não há consenso. E se não há consenso, há democracia?

Nunca vimos um assunto relacionado ao próprio umbigo da imprensa ter tanta repercussão. Até cansou ver tanta gente diferente falando e escrevendo sobre a mesma coisa e com tantas agressões gratuitas em debates pela internet. O fato é que a criação do Conselho está a anos luz de um consenso. O mínimo de humildade que se pode ter numa hora dessas é aceitar isso.

Quem irá arcar com a responsabilidade de aprovar um projeto assim? Não é preciso ir longe para perceber a divisória. Enquetes foram realizadas em vários sites de jornais e revistas, inclusive neste Observatório, e só mostraram o esperado: metade para lá, metade para cá.

Afora as enquetes virtuais, basta entrar em uma redação ou em qualquer boteco com presença de jornalistas e perguntar. As opiniões serão as mais divergentes possíveis. Se o governo arcar com a responsabilidade de aprovar o projeto deste modo, muitas pedras ainda irão rolar.

Fazendo-o, é quase como seguir o mesmo exemplo tão criticado dos americanos quando “elegeram” o Bush-caubói, sem consenso, sem vitória de verdade, sem democracia. E o resultado todos estamos vendo.

A melhor definição que li até agora, sobre o projeto, peço perdão por já nem mais lembrar quem escreveu: é um “cadáver insepulto”. O risco é “esqueceram” do assunto e, daqui a meses, o aprovarem na surdina.

Site Footer

Sliding Sidebar

Instagram

  • Brilhando uma estrela vermelha para iluminar esta noite cinza HeinekenLight
  • Minhas pokernights no cabem numa dose Tentarei a garrafa

arquivão