Categories CrônicasPosted on

Corações furtados

Paulo Rebêlo 11.junho.2010 Terra Magazine linkNão é chato quando a gente conhece alguém interessante e não dá certo?Primeiro porque o mundo passa por um acelerado processo de extinção das pessoas razoavelmente interessantes. Tipo, gente que tenha um mínimo de conteúdo para você conversar algo qu...
Categories CrônicasPosted on

As mulheres que nós (ainda) amamos

Paulo Rebêlo // março 2009 *De todas as peculiaridades femininas, há três quase sobrenaturais que nem a ciência ou a psicologia haverão de explicar aos homens.Seis meses é todo o tempo necessário para uma maravilhosa mulher se transformar em outra nem tão maravilhosa assim. Em seis meses elas g...
Categories CrônicasPosted on

Ventos alísios de janeiro

Paulo Rebêlo | janeiro.2009O mais difícil de janeiro é a balança. É quando você tenta descobrir o peso das pessoas que passaram pela sua vida, das que ficaram e, principalmente, das que voltaram.Feita a pesagem, vem o pêndulo de um relógio de parede. Ele pende para um lado, lembrando as pessoas ...
Categories CrônicasPosted on

Pílula do Esquecimento

Paulo Rebêlo // maio.2005Muita gente gostaria de voltar no tempo. Para consertar quebradeiras, acertar o que deu errado, tentar de outro jeito, não deixar aquela pessoa ir embora. Como a viagem no tempo só existe nas fórmulas matemáticas dos físicos, o jeito é esperar que a ciência consiga inventa...
Categories CrônicasPosted on

Reminiscência apoquentadora

Paulo Rebêlo // nov.2000Há um momento em que as pessoas parecem cansar de si mesmas. Do cotidiano, da família, do relacionamento. Cansam daquele jeito de ser. Uma espécie de fadiga psicométrica cujas conseqüências refletirão diretamente no dia-a-dia. Quando o nosso termômetro não mais consegue niv...