A liberdade é salmão. Com feijão.

CategoriesCrônicasPosted on 2 comments on A liberdade é salmão. Com feijão.
Se eu gosto de salmão e gosto de feijão, por que não posso misturar os dois no self-service e adicionar farofa e azeite, sem que todos da fila fiquem olhando para o meu prato? Ou para mim, como se fosse um selvagem recém-chegado da Guerra Soviético-Finlandesa.Não é porque não sabemos cozinhar que nã…
Read more "A liberdade é salmão. Com feijão."

Carnaval dos Casados

CategoriesCrônicasPosted on
Paulo Rebêlo // fevereiro.2006Não é novidade que carnaval é tempo de libidinagem. É o júbilo das pessoas solteiras. O problema é que só funciona desse jeito, ou seja, para quem é solteiro. Outro dia, um colega sugeriu juntar a reca dos pobres-coitados e fazer um carnaval de casados, onde as pessoa…
Read more "Carnaval dos Casados"

Sociedade bundalizada

CategoriesCrônicasPosted on
Paulo Rebêlo // julho.2005Não são apenas as mulheres interessantes que estão em extinção. Pessoas interessantes também. A sociedade está, cada vez mais, preocupada em seguir à risca certos padrões uniformes que não são nossos, são dos outros. Roupas, comportamentos, utensílios e até mesmo palavras…
Read more "Sociedade bundalizada"