Categories CrônicasPosted on

Parem o mundo, eu quero descer

Paulo Rebêlo // abril.2005Boas músicas, boas comidas, bons filmes e bons livros. Precisa de algo mais? Talvez boas mulheres, se a coluna fosse para uma revista masculina. Como não é o caso, vamos deixá-las temporariamente ausentes da história. Na verdade, a gente não quer é receber e-mails desafor...
Categories CrônicasPosted on

O galo belzebu e o duelo de titãs

Paulo Rebêlo // junho.2003A rotina é conhecida, resultado de freqüentes noites insones em que o olho simplesmente não quer fechar, nem com esparadrapo. Cinco horas da manhã. Com todas as cortinas do cafofo fechadas e todas as luzes apagadas, em uma pueril tentativa de enganar o próprio inconscient...