Categories CrônicasPosted on

Ranzinzamente correto

Paulo Rebêlo // fevereiro.2004O mundo ficou muito mais chato depois que inventaram o tal do politicamente correto. Que nada mais é do que uma expressão perfeitamente tucanada para os pseudo-moralistas de plantão levarem tudo a sério. Não se pode mais contar piada de gays, virou preconceito. Brinca...
Categories CrônicasPosted on

Parente nem sempre é serpente

Paulo Rebêlo // dezembro.2002Todo Natal e Ano-Novo é a mesma coisa: familiares se reencontram, tapinhas nas costas, abraços, beijinhos falsos e às vezes a tradicional troca de presentes. Se é para trocar presentes, ao menos que sejam presentes úteis. O problema de reencontrar familiares distantes ...