Quinta-feira, 11 de abril, foi a primeira de sete etapas por onde 900 milhões de eleitores (!!!) vão às urnas na Índia, um país com comportamentos digitais parecidos ao Brasil. Sim, as fake news por Whatsapp e redes sociais tomaram conta da vida dos indianos. Igualmente similar ao Brasil, a população está perdida na espiral da desinformação e as instituições não sabem o que fazer.