Internet Explorer 8 vs. Firefox 3

Paulo Rebêlo | UOL Tecnologia | 21.fev.2008 | link

Com o lançamento do primeiro Service Pack (SP1) para Windows Vista, as atenções agora começam a se voltar para o Internet Explorer 8, cuja primeira versão oficial de testes deve aparecer até o final deste trimestre. Enquanto a Microsoft faz suspense e não libera versões para o público testar, o Firefox 3.0 já está na terceira versão beta e mostrando melhorias interessantes. A principal novidade esperada para o IE8 não é em performance, mas em compatibilidade. O time de programadores por trás do IE garante que está trabalhando aliado ao The Web Standards Project para tentar manter a nova versão do navegador mais compatível do que o atual IE7.


Os programadores se orgulham de que as edições de testes internos do IE8 foram aprovadas no Acid2, um método de verificar os padrões universais da web para sites em diferentes navegadores.

Para os desenvolvedores e curiosos que queiram acompanhar as novidades do IE8 uma boa pedida é o
blog oficial. Inclusive, em um dos posts, eles mesmo fazem piada sobre a nomenclatura do Internet Explorer, se seria 8.0 ou algum outro termo do tipo “IE Desktop Online Web Browser Live Professional Ultimate Edition for the Internet”.

A Microsoft ainda não se pronunciou sobre o método de ativação do IE8. Não se sabe se qualquer pessoa poderá fazer o download e instalar o produto, mesmo em Windows piratas, ou se apenas usuários “legítimos” poderão proceder. No IE7, inicialmente apenas aos licenciados era permitida a instalação. A medida foi revista meses depois pela Microsoft e, hoje, qualquer um pode baixar o IE7 e instalar em qualquer versão do Windows, pirata ou não.

Beta do Firefox 3 já pode ser utilizado como navegador principal –

A atual edição do Firefox 3 (apesar de estar na terceira versão beta) está bastante estável e perfeitamente utilizável como navegador principal, caso você já seja um adepto do Firefox, da Fundação Mozilla, em vez do Internet Explorer, da Microsoft. A única ressalva é em relação aos add-ons do navegador. Vários ainda são incompatíveis com o Firefox 3. O download do browser pode ser feito aqui.

O primeiro impacto ao abrir a nova versão beta do Firefox 3 é perceber como a barra de endereços e os ícones estão semelhantes aos do Windows Vista. Ou melhor, um toque híbrido entre as setas de voltar/avançar do Vista com as da Mozilla.

O beta3 é a primeira edição pela qual a Mozilla de fato adicionou novos recursos quando comparado às edições anteriores de teste. No entanto, a maior parte é pouco significativa, ficando na esfera da estética, não da funcionalidade.

O recurso novo mais interessante é a lista de sites em formato grande que aparece na tela quando você começa a digitar uma URL. Em vez de abrir uma mini-janela com os endereços que começam com aquela letra, o Firefox 3 abre uma janela enorme abaixo da barra de endereços, com detalhes sobre o site, título da página e data.

Abas salvas – Outra grande sacada é oferecer a opção de “salvar” as abas do Firefox que estão abertas quando você fecha o navegador. Antes, o recurso não era oferecido, apenas existia caso o Firefox travasse ou não fosse fechado corretamente. Agora, você pode salvar sempre que quiser e, ao abrir novamente o Firefox, todas as janelas previamente abertas são recarregadas.

O gerenciador de downloads, por exemplo, foi bastante revisado e mostra uma escala do progresso na barra de status. A função já estava disponível antes no Firefox, mas apenas por meio de um add-on. Há checagem automática de vírus, de acordo com o antivírus escolhido pelo usuário.

A lista de bookmarks (ou “favoritos” nas versões em português) também melhorou. Uma estrela ao lado da URL na barra de endereços é tudo que você precisa para adicionar o site aberto aos bookmarks, basta clicar. A interface também foi melhorada.

Menu de bookmarks – Na hora de dar zoom nos sites, em vez de aproximar apenas texto, agora o Firefox 3 dá o zoom no texto e nas imagens simultaneamente. Pelo menu de bookmarks (via “smart bookmarks”), você também pode conferir quais os sites mais acessados, as tags mais utilizadas e outros critérios; e navegar por elas.

Mudança subjetiva é a renderização dos sites. Muita gente garante que as páginas abrem mais rápido no Firefox 3 do que na versão anterior, mas os testes ainda não são conclusivos e dependem bastante da programação do site escolhido.

Site Footer

Sliding Sidebar

Instagram

  • No lembro mais a ltima vez ou h quantos anos
  • Remdio caseiro conhecido como kitcuraressaca Um oferecimento dos laboratrios heineken

arquivão