O esconde-esconde dos pontos turísticos do Recife

Paulo Rebêlo Diario de Pernambuco – 03.agosto.2008 Recife não é apenas uma cidade perdida entre os piores índices sociais e de violência. Também é uma cidade para se perder. Literalmente. Que o diga a professora curitibana Adriana Grani, há seis anos residindo na capital pernambucana. Ao chegar, arriscou-se a procurar os principais pontos turísticos da cidade por conta própria. Tentativa frustrada, a exemplo de tantos outros turistas que só conseguem se localizar nas principais avenidas e, mesmo assim, com dificuldades. Nos arredores da praça de Boa Viagem, um dos cartões postais recifenses, não há indicação sobre pontos históricos e importantes para a cultura local. A situação nos demais bairros é ainda pior.

texto completo

Site Footer

Sliding Sidebar

Instagram