Uber sem regulamentação é convite para aventureiros

Regulamentação do Uber no Brasil

Antes de falar em termos bonitos e moderninhos como economia criativa ou inovação sociotecnológica, muita gente tem esquecido que legislação e regulamentação é um papel prioritário e necessário da política. E regulamentar o Uber é uma questão essencialmente política.

texto completo

Montreal vive crise depois de perder dois prefeitos suspeitos

Paulo Rebêlo Folha de S. Paulo – 31.agosto.2013 (link) Quando Michael Applebaum, 50, assumiu a Prefeitura de Montreal, em novembro de 2012, renovou as esperanças de muitos canadenses que se mostravam fartos com a corrupção que assolava a Província de Québec. Mas quando Applebaum foi preso, na própria prefeitura, oito meses depois, ninguém mais tinha palavras para descrever o que estava acontecendo na cidade. Com 1,7 milhão de habitantes, Montreal é a segunda maior cidade do Canadá, atrás de Toronto. A renúncia do prefeito e a prisão do interino, meses depois, abalou as estruturas políticas de um país até então considerado um dos menos corruptos do mundo. Ex-corretor de imóveis, Applebaum entrou para a política em 1994, eleito ao Conselho Municipal. Em 2001, foi eleito prefeito de uma municipalidade de Montreal. Sua ascensão ganhou impulso graças ao prefeito, Gérald Tremblay, que o indicou pro Comitê Executivo de Montreal, um colegiado que controla o orçamento e leis municipais. Dois anos depois, Tremblay promoveu Applebaum a chefe do grupo. O prefeito renunciou em novembro do ano passado, sob acusações de corrupção –que ele nega. Applebaum assumiu interinamente, tornando-se o primeiro prefeito anglófono na francófila Québec em cem anos e o primeiro judeu

texto completo

Em Montreal, manifestação reúne 150 em apoio a protestos no Brasil

Paulo Rebêlo Folha de S. Paulo – 16.junho.2013 (link) Mesmo debaixo de muita chuva, a comunidade brasileira em Montréal, no Canadá, reuniu cerca de 150 pessoas para protestar em frente ao Consulado Brasileiro na Westmount Square, durante a tarde do domingo (16). O movimento “Democracia não tem fronteiras” fez a mobilização por meio das redes sociais e uma caminhada, que saiu às 13h30 da praça do Canadá e seguiu até o Consulado. A manifestação ocorreu de forma pacífica e sem imprevistos. Ao chegar no edifício comercial onde fica o Consulado Brasileiro, os manifestantes cantaram o hino nacional, tiraram fotos e tentaram explicar as motivações do movimento aos curiosos que passavam no local e também para a imprensa de Montréal, presente no local. Foi um protesto simbólico, já que o Consulado não abre ao público nos finais de semana. Os manifestantes se concentraram do lado de fora. Como prevê a lei canadense, o protesto foi comunicado com antecedência às autoridades locais, que permitiram sua realização. Duas viaturas da polícia acompanharam todo o percurso. A brasileira Marcela Sanches foi uma das responsáveis pela organização do evento. Para ela, a manifestação serviu para mostrar “que é possível se manifestar sem ser agredido”. “Se

texto completo

Panda anarquista

Professor se fantasia de urso e vira sensação em protestos no Canadá Paulo Rebêlo, colaboração de Montréal Folha de S. Paulo – 05/junho/2013 — O canadense Julien Villeneuve vive uma vida dupla. Professor de filosofia, ele se “transforma” num urso panda durante os protestos que pedem mais investimentos e menos cortes na educação do Canadá –causando comoção a ponto de se tornar o “mascote” extraoficial desses atos. O professor ficou conhecido como Anarcopanda –apelido surgido a partir dele próprio, que se considera um “anarcopacifista”. Dentro da fantasia, Villeneuve tenta abraçar estudantes e policiais durante as manifestações. Suas aparições na mídia em meio aos protestos, que chegaram a reunir 500 mil pessoas em Montréal no ano passado, ajudaram a chamar a atenção de governo e sociedade para a violência policial. Trata-se de um problema que muita gente nem sequer imagina existir no Canadá, país reconhecido mundialmente pelo alto padrão econômico e social –é o 11º no Índice de Desenvolvimento Humano da ONU, em que o Brasil ocupa a 85ª posição. “A repressão policial ganhou proporções insanas: gás de pimenta, cassetetes, balas de borracha”, diz o professor em entrevista à Folha. Ele conta que, em 2012, os estudantes de Québec, província canadense

texto completo

Pinheirinho e os eleitores cordiais

Paulo Rebêlo Diario de Pernambuco | 20.abr.2012 | link | email Três meses depois, o assunto desapareceu do noticiário. Mesmo assim, ainda hoje encontramos grupos de direitos humanos discutindo a desocupação das famílias em Pinheirinho pela polícia de São Paulo. De carona na discussão, há uma dúvida recorrente e de amplitude nacional: será que todas as pessoas que ficaram escandalizadas e foram às ruas e às redes sociais para protestar irão, mais uma vez, colocar no poder os mesmos responsáveis por aquela injustificável truculência com as famílias desabrigadas? Há centenas de Pinheirinhos, todos os dias, em todo o Brasil. Estão na falta de livros e professores nas escolas, no sucateamento dos hospitais públicos, na ausência de saneamento básico, segurança pública, infraestrutura e dignidade. Também protestamos contra tudo isso, é verdade. Curiosamente, meses depois colocamos no poder os mesmos responsáveis pelos mesmíssimos Pinheirinhos. A história política do Brasil nos comprova que somos frutos de gerações inteiras de eleitores bem cordiais. Com muita fé na humanidade e também nas promessas de campanhas que, vejamos bem, são exatamente iguais de norte a sul. Nas ruas e na internet, todos conclamam que os governantes deveriam ter vergonha do que aconteceu em Pinheirinho. Que deveriam ter

texto completo

Eleições 2010: candidatos TOP GG (joinha-joinha)

Esporte Acelino Popó Freitas (PRB-BA)- O boxeador concorre a deputado estadual Maguila (PTN-SP)- Ex-boxeador, quer ser deputado federal Marcelinho Carioca (PSB-SP)- Ex-jogador, concorre a deputado federal Romário (PSB-RJ)- Ex-jogador, busca uma vaga na Câmara Federal Vampeta (PTB-SP) – Ex-jogador, concorre a deputado federal Fabiano (PMDB-RS) – Ex-atacante do Inter, é candidato a deputado estadual Danrlei (PTB-RS) – Ex-goleiro do Grêmio, concorre a deputado federal Música: Gaúcho da Fronteira (PTB-RS) – Músico concorre a deputado estadual Kiko (DEM-SP) – Membro do grupo KLB, concorre a deputado federal Leandro (DEM-SP) – Integrante do KLB, concorre a deputado estadualNetinho (PCdoB-SP) – Cantor do grupo Negritude, concorre a senador (Aquele que bateu na mulher, lembram?)Reginaldo Rossi (PDT-PE) – Cantor, concorre a deputado estadualRenner (PP-GO) – Integrante da dupla Rick&Renner, concorre ao SenadoSérgio Reis (PR-MG) – Cantor e ator, concorre a deputado federalTati Quebra-Barraco (PTC-RJ) – Funkeira, concorre a deputada federal Televisão: Ronaldo Esper (PTC-SP) – O estilista quer ser deputado federal Pedro Manso (PRB-RJ) – Humorista, disputa na vaga na Assembleia Legislativa Dedé Santana (PSC-PR) – Humorista, quer ser deputado estadual Tiririca (PR-SP) – Humorista, disputa uma vaga na Câmara Federal Batoré (PP-SP) – Humorista, quer uma vaga na Câmara Federal Frutas: Mulher Melão

texto completo

O efeito Barack Obama no marketing político: eleições 2010

Na entrevista abaixo, estão minhas respostas sobre toda a celeuma em relação ao uso da internet, mídias sociais e novas tecnologias nas eleições de 2010 no Brasil. Junto a mim, responde também o publicitário André Telles. A entrevista faz parte de um trabalho de faculdade da estudante Ariane Fonseca.  

texto completo

Site Footer

Sliding Sidebar

Instagram