Photoshop para iniciantes

Paulo Rebêlo Quando se fala em Photoshop, a maioria dos usuários domésticos treme as bases. Apesar de ser uma referência em manipulação gráfica, o programa é grande, pesado e complicado aos olhos do leigo. Foi para resolver esse “problema” que a Adobe começou a investir no Photoshop Elements, uma edição resumida e bem light do editor de imagens e fotografias. A empresa acaba de lançar a nova versão 4.0 do software, com boas novidades para quem é fã da Adobe e quer dar os primeiros passos na área. Basicamente, o Elements efetua qualquer processo de edição em fotos. Das básicas – redução de tamanho, resolução, brilho, contraste etc – às avançadas, como adição de filtros, efeitos especiais, redução de manchas e assim por diante. O programa não é um bom exemplo de leveza, porém, quando comparado ao Photoshop tradicional, pode ser uma mão na roda para quem usa câmeras digitais ou fotos digitalizadas. Com uma interface que zela pela agilidade, boa parte das funções de edição estão à distância de um clique de mouse – um bom diferencial em relação aos concorrentes. Há outras pequenas maravilhas como pincel de seleção mágica, ajuste de tom de pele e extrator mágico. Se

texto completo

Adobe antecipa Photoshop CS3

O Photoshop CS2 mal chegou às lojas e a Adobe já faz os preparativos para o CS3, ainda sem data prevista. Um memorando da empresa foi vazado na Internet, com alguns detalhes sobre a próxima versão. O documento ainda revela que a empresa pode criar dois novos produtos: Adobe Acrobat 3D e Adobe Full Frame. Também não há detalhes sobre os novos recursos, apenas o nome de alguns, como Camera Raw 4 e Vanishing Point 2. A Adobe pretende lançar duas versões do CS3: uma básica e uma premium, sendo a primeira mais barata. Analistas da indústria acreditam que, ao planejar oferecer uma edição mais barata do Photoshop, a Adobe estaria respondendo às recentes investidas da Microsoft com o produto concorrente, Acrylic, testado pela Folha na edição passada. O Acrobat 3D seria uma versão turbinada do atual Acrobat 7.0, com ênfase nos recursos tridimensionais embutidos em arquivos PDF. O público-alvo seriam os atuais usuários do AutoCAD, sobretudo engenheiros e arquitetos.

texto completo

Site Footer

Sliding Sidebar

Instagram