Insecticide risk map exposes threat to aquatic life

The global threat that insecticides pose for aquatic biodiversity has been revealed in a recent modelling study that pinpoints areas at greatest risk. The mapping exercise conducted by the researchers reveals that aquatic life in water bodies within 40 per cent of the global land surface is at risk from insecticides running off the land.

texto completo

Used and Refurbished Tires Still Finding Their Way Through Latin America

Paulo Rebêlo, as guest blogger Greentech Media (link) 31.mar.2009 The Supreme Court in Brazil is once again struggling to decide the import of used tires from other countries, especially from the United States and the European Union. And once again, the process is temporarily halted in order to be “properly” analyzed by the Court members. Some of them have already voted. A new final decision is expected to come out soon. This is a decade-long issue with no proper results to date.

texto completo

Conflito de interesses nos lixões de Pernambuco

Meio ambiente // Proposta de aterro sanitário público em sintonia com a legislação é a mais viável, só que aguarda licença há três anos Paulo Rebêlo Diario de Pernambuco – 08.junho.2008 O encontro desta terça-feira na Amupe (leia mais na página A8), para discutir políticas públicas sobre o lixo em Pernambuco, faz parte de uma mobilização que começou em abril. Na época, o procurador-geral de Justiça, Paulo Varejão, recomendou aos promotores com atuação voltada para o meio ambiente o início de uma nova investigação sobre o tratamento e gerenciamento dos resíduos sólidos no estado. No entanto, os interesses políticos e econômicos vão muito além do lixo.

texto completo

Prefeitos pressionados a resolver questão do lixo

MEIO AMBIENTE // Ministério Público cobra construção de aterros sanitários em Pernambuco Paulo Rebêlo Diario de Pernambuco – 08.junho.2008 A novela de duas décadas sobre o Lixão da Muribeca, cujos personagens principais – as prefeituras do Recife e de Jaboatão – nunca se entendem, irá reunir o Ministério Público de Pernambuco e as partes interessadas em uma reunião na próxima terça-feira, na Associação Municipalista de Pernambuco (Amupe), no Recife. A promotoria de meio ambiente do MPPE quer uma definição das prefeituras sobre a desativação do aterro sanitário e a adoção da coleta seletiva – presente na legislação estadual e até hoje nunca cumprida ou fiscalizada. As irresponsabilidades por trás do uso e gerenciamento do aterro sanitário foram abordados pelo Diario nas edições de 1 de junho (Política) e no caderno especial sobre meio ambiente, publicado no dia 05 de junho. Outros temas previstos para debate são licenciamento ambiental, política estadual de resíduos sólidos, consórcio público e linhas de financiamento.

texto completo

Vamos plantar combustível ou comida?

Interesses políticos e econômicos interferem no debate mundial sobre a relação entre o biocombustível e a crise de alimentos __________ Paulo Rebêlo Diario de Pernambuco – 05.junho.2008 Santo graal dos combustíveis limpos, o biocombustível tornou-se o epicentro de uma discussão traumática: a crise mundial de alimentos. Produzido sob a bandeira de não causar danos ao meio ambiente, a partir de grãos e de matéria-prima renovável, o combustível limpo e ambientalmente correto também inclui, em seu conjunto de peculiaridades, uma cruel disputa política e econômica cujos efeitos passam a largo dos ambientalistas.

texto completo

Uma novela chamada Lixão da Muribeca

Meio ambiente // Há quase 25 anos ele está lá, como sinônimo de descaso governamental das cidades do Recife e Jaboatão com o tratamento dos resíduos. __________ Paulo Rebêlo Diario de Pernambuco – 05.junho.2008 foto: Juliana Leitão/DP Quem ainda acha que política e meio ambiente não se conectam, certamente precisa observar melhor algumas áreas “invisíveis”. A escassez de políticas públicas, aliada à falta de educação ambiental da sociedade, nos levam a aberrações que, muitas vezes, estão debaixo do nosso nariz – mesmo quando não conseguimos enxergar. Sem saber como gerenciar o lixo que produz, há quase 25 anos Pernambuco transforma o “famoso” lixão da Muribeca em sinônimo de descaso político e danos ambientais. Na opinião de especialistas, parte do passivo ambiental herdado pelas gerações atuais chega a ser considerado irreversível.

texto completo

Site Footer

Sliding Sidebar

Instagram