Como e por que instalar Windows no Mac?

Paulo Rebêlo UOL / Webinsider – 23.out.2012 link Muita gente acha uma heresia colocar Windows no Mac. É pueril demais toda a velha discussão sobre qual seria o melhor sistema operacional no mercado. Para profissionais da área, acredito que a questão ultrapasse modismos ou preferências pessoais. Há uma série de razões para ter o Windows a tiracolo. A primeira delas é de natureza pragmática: o mundo inteiro ainda usa Windows. Mesmo que todos os seus amiguinhos tenham comprado um Macbook. A segunda é de natureza técnica, embora eventual. Quem tem a infelicidade de depender do Microsoft Office já deve ter notado que trata-se da pior experiência que se tem no Mac. Leia mais aqui. Os aplicativos do Office para Mac são pesados, travam sem motivo aparente e estão sempre um passo atrás em termos de recursos quando comparados ao Office para Windows. Quer alternativas? Leia aqui. Problema mesmo é se você depender profissionalmente do Excel. Apesar do limite matemático ser de pouco mais de 1 milhão de linhas a partir do Excel 2007, a versão para Mac simplesmente não consegue gerenciar direito planilhas com milhares de registros. Se você abrir um arquivo gigante no Excel 2010 do Windows, funciona bem. No Excel

texto completo

Windows 8: novos recursos e velhas frustrações

Integração nativa ao Skydrive, sincronização na nuvem e visual de tablet são os principais trunfos do Windows 8. Basta uma única conta para acessar sua vida transformada em arquivo, a exemplo do iCloud do Apple. Paulo Rebêlo Webinsider / UOL – 20.outubro.2012 link Muita gente tem se manifestado negativamente sobre o novo visual do Windows 8. Não existe mais o botão Iniciar e, às vezes, é preciso gastar um ou dois cliques a mais para encontrar algo. Exemplo: para descobrir onde estão “todos os programas”, temos que levar o mouse até o canto inferior da tela, esperar abrir uma barra, clicar com o botão direito, depois clicar no ícone que vai aparecer ao fazer isso, para só então escolher “todos os apps”. Sim, porque agora os programas são chamados de apps e a Microsoft criou sua própria Windows Store para baixar e comprar aplicativos e jogos. O botão Iniciar, um ícone do sistema operacional desde o Windows 95, sai totalmente de cena e dá espaço a uma interface com jeito de tablet. É uma tentativa curiosa de aproximar o PC doméstico da mobilidade dos portáteis. A interface é a mesma para usar mouse e o teclado; e também os dedos

texto completo

Windows 7

É melhor que o Vista, pede menos da máquina, mas é uma maquiagem. Paulo Rebêlo Webinsider – 18.junho.2009 O ciclo de desenvolvimento do Windows 7 chega ao fim. As próximas e poucas versões de testes antes da edição final servem apenas para conferir retoques pontuais no código, sobretudo na compatibilidade com softwares de terceiros. Se você ainda não conhece o novo Windows, leia esta análise publicada no UOL. Até meados de julho, fabricantes recebem a versão final (RTM, da siglaRelease to Manufacturing) e em outubro a caixinha com o novo Windows chega às lojas, de acordo com a previsão oficial da Microsoft. Pode atrasar, claro, mas não há motivos aparentes porque o Windows 7 está pronto há muito tempo, antes mesmo de entrar na linha de produção. A explicar.

texto completo

Opções para programas de uso diário

Software Livre 3/3 Paulo Rebêlo [email protected] Na primeira matéria da série sobre software livre (16 de fevereiro), a Folha mostrou como substituir o Windows por um sistema operacional Linux, de código aberto e gratuito. Na segunda (23 de fevereiro), testamos os principais pacotes de escritório (texto, planilha, apresentação) para você trocar o Microsoft Office. Agora, vamos ver quais são as outras opções que você pode usar, tanto no Windows como no Linux, para não se escravizar com programas caros e pouco funcionais. Depois das tarefas básicas, é comum o usuário precisar de um bom programa para editar fotos e gerenciar imagens. O destaque é o Gimp, uma alternativa que bate de frente com o Adobe Photoshop. A diferença? O primeiro é gratuito, enquanto o segundo custa algumas centenas de reais. Claro que não apenas isto, pois o Gimp também é a escolha preferida de muitos especialistas, mesmo quando eles têm dinheiro para comprar o Photoshop. O programa nasceu na plataforma Linux mas, logo depois, ganhou versão para Windows. A interface pode parecer complicada no início, mas nada que a prática não resolva. Para substituir o MSN Messenger, talvez o mais popular para conversar na Rede, existem várias opções. Uma delas

texto completo

Brazilian PC scheme founders on Linux, MS politics

Plus you can buy a cheaper PC in a shop By Paulo Rebêlo in Brazil: Monday 21 February 2005, 09:18 The Inquirer, 21.fevereiro.2005 THE BRAZILIAN GOVERNMENT is once again trying to push a cheap PC for lower income people who can’t afford a reasonable computer. It appears to be politics which is holding up implementation of the scheme. The only thing in common among all the digital inclusion projects supported by the government, until now, is that none of them have worked. Some didn’t even leave the desks of the bureaucrats, but did hit the Brazilian technology press with terrific reviews, as usual. Last year, government officials started a commotion about the cheap PC and planned to release it in December, for Christmas. The project halted and was rescheduled for March 2005. Now, they officially say it will be launched only in April. But we wonder if the papers will shuffle more than a few millimetres from the desks of the bureaucrats once more. The current project is now called ‘Connected PC’ and intends to put machines on shelves for US$520 (R$ 1.400 Brazilian reals), but people can split the payment over 24 months paying as little as US$18 per

texto completo

Windows não é a única opção

Software livre – parte 1/3 Paulo Rebêlo [email protected] Quando você está terminando de escrever aquele relatório, o Windows trava. Reinicia e tenta abrir o arquivo novamente, mas aparece a nefasta tela azul com a mensagem de que você realizou uma operação ilegal ou inválida. Quer dizer, o sistema trava e a culpa ainda é sua. Se você também acha que pode existir vida além do sistema operacional da Microsoft, a salvação pode estar a poucos downloads de distância ou a menos da metade do valor de uma licença do Windows. Muita gente começa a adotar o Linux, um sistema operacional de código aberto, gratuito, ainda rodeado de mistérios e polêmicas. As discussões sobre Linux x Windows quase sempre recaem sobre ideologias, em um embate quase religioso contra o império econômico de grandes empresas. A Folha deixou de lado o blá-blá-blá técnico-religioso e começa, hoje, uma série de matérias sobre as alternativas de qualidade para quem deseja se livrar dos chiliques do Windows e conhecer o novo mundo do software livre. Nesta edição, veremos novas opções de sistemas operacionais. Testamos as duas principais alternativas ao Windows no Brasil, em português: o pioneiro Conectiva Linux e o novato Freedows. Ambos são fáceis

texto completo

Is Freedows Linux a better Windows than Lindows?

In Brazil, the bird flies freely By Paulo Rebêlo in Brazil The Inquirer, Monday 22 November 2004, 07:30 KNOWN AS Lindows in the past, Linspire wouldn’t have many problems if it was based in Brazil. For those who remember, Microsoft sued Lindows over its name alleging something like “it could puzzle users”. In Brazil we have Freedows, a Linux-based operating system just like former Lindows. There are two interesting highlights, tough. It’s almost completely identical to Windows XP (Lindows wasn’t that similar) and it has sort of the government hand on it. Freedows is developed by Cobra Tecnologia and the Free Software company. The first one is the technology arm of Banco do Brasil, which is the largest federal bank in Brazil. There are five versions of the product: Standard, Professional, Thin Client, SMB and Lite. Funny thing is: the company describe Freedows’ interface – on the official site – as a “Windows XP default”. Even icons and backgrounds are similar. By using Freedows Professional, you also get full support for running Windows applications within Freedows, such as Microsoft Office, Photoshop etc. Which is very nice, by the way. Freedows isn’t free, except for its Lite version (tested by The

texto completo

Site Footer

Sliding Sidebar

Instagram