Longa estrada para a interiorização da cultura

Gestão pública // Equipes da Fundarpe têm percorrido o Estado em mais uma tentativa de ampliar a política cultural Paulo Rebêlo Diario de Pernambuco 13.abril.2009 Parece um túnel do tempo. Você fecha os olhos e escuta técnicos do governo e representantes de grupos e associações culturais debatendo as dificuldades de comunicação, de captação de recursos, de organização e sobre a burocracia inerente às gestões públicas. As reuniões levam horas, em lugares e cidades diferentes. Terminam com um sem número de propostas e promessas. O tempo passa, você abre os olhos e vê que os técnicos mudaram, a cidade é outra, mas as discussões, os argumentos e as promessas parecem idênticas – embora a roupagem e os termos sejam diferentes.

texto completo

Nação Cultural reforça ação no interior

Festival que vai circular por dez regiões do estado levou a Goiana discussões sobre o fazer cultural e oficinas de bonecos, adereços e cinema de animação Paulo Rebêlo Diario de Pernambuco 06.abril.2009 Goiana – Via de regra, shows em praça pública costumam ser o ponto alto das iniciativas de governos no interior do estado, quando não são, de fato, a única atração. Em Goiana, a 63 km do Recife, a festa também se destacou no encerramento do Festival Pernambuco Nação Cultural da Mata Norte na sexta, sábado e também ontem. Mas é o aprendizado das oficinas, ministradas durante toda a semana passada em Goiana, uma das apostas da Fundarpe para abrir novas perspectivas à população, seja ampliando as fontes de renda ou a bagagem cultural das pessoas. O festival faz parte de uma série de ações prometidas pela Fundarpe e incentivadas pelo Ministério da Cultura para aprimorar a interiorização da cultura, juntando-se à ampliação dos pontos de cultura espalhados em Pernambuco. A próxima etapa será entre os dias 25 e 31 de maio, em São José do Belmonte, no Sertão Central. Outras dez regiões do estado – Sertão do São Francisco, do Araripe, de Itaparica, do Pajeú, do Moxotó, Agreste

texto completo

A prefeitura com um só sobrenome

Agreste // Em Iati, a 286 quilômetros do Recife, a família Tenório está no poder há mais de 40 anos Paulo Rebêlo Diario de Pernambuco – 31.agosto.2008 Iati – Disputas entre famílias pelo poder político de pequenos municípios no interior. Cenário comum, porém, a 286 km da capital e já próximo a Garanhuns, Iati concentra um único sobrenome pelo qual se governa a cidade há mais de quatro décadas. A família Tenório é tão presente na cidade a ponto de os próprios integrantes concorrerem entre si, com direito a agressões verbais e denúncias.

texto completo

Brigas e ameaças entre o prefeito e o candidato

TUPANATINGA // Clima esquenta entre as duas famílias que se revezam no poder da cidade Paulo Rebêlo Diario de Pernambuco // 31.agosto.2008 Tupanatinga – O cérebro do maligno. É assim que o candidato Duca Feitosa (PSB) define o atual prefeito Manoel Roque (PMDB). A militância de Feitosa é acusada, pelo prefeito, de ter orquestrado uma suposta tentativa de assassinato contra ele. Ambos se revezam na chefia do municipal – e na disputa eleitoral – há quase 20 anos neste pequeno município no entroncamento entre Buíque, Itaíba e Ibimirim, a 320 quilômetros do Recife.

texto completo

Amupe aciona palácio para conter violência

Campanha // Entidade solicita providências a Eduardo para evitar ameaças e atentados Paulo Rebêlo Diario de Pernambuco – 27.agosto.2008 Ofício encaminhado ao governador Eduardo Campos (PSB) pela Associação Municipalista de Pernambuco (Amupe), ontem, solicita providências sobre casos de ameaças e atentados contra políticos no interior do estado. Somente na última semana foram registradas ocorrências em Cabrobó, Tupanatinga, Itapetim e até mesmo em Paulista. Na primeira, o candidato a vereador Mozani Araújo, índio da etnia truká, foi morto com tiros à queima-roupa.

texto completo

Site Footer

Sliding Sidebar

Instagram