Com a pandemia de Covid-19, o Facebook viu-se obrigado a antecipar três mudanças profundas nas duas redes sociais que ditam a opinião pública do mundo. A primeira delas é a facebookização do Instagram.