Iluminação nova foi só promessa

PCR // Secretário de Serviços Públicos não justifica atraso de ações previstas para março Paulo Rebêlo Diario de Pernambuco – 13.abril.2008 Prometido para março deste ano, o novo sistema de iluminação pública do Recife está longe de ser concluído e apresenta resultados pífios para a população até agora. Na verdade, o projeto se arrasta desde 2003 e, quase a cada ano, ganha um novo discurso e um novo “lançamento” por parte da Prefeitura da Cidade do Recife (PCR). Procurado pelo Diario durante três semanas seguidas, o secretário de serviços públicos, Amaro João, não quis comentar o atraso na implementação do projeto e nem as promessas de sua própria pasta em relação aos prazos.

texto completo

Procura-se uma luz na escuridão do Recife violento

Segurança // PCR só prioriza iluminação nos festejos natalinos Paulo Rebêlo (email) Diario de Pernambuco – 25.nov.2007 O orçamento dos festejos natalinos no Recife vai custar à prefeitura R$ 5 milhões. Deste valor, pouco mais de R$ 1,5 milhão é destinado à iluminação especial, criada por Peter Gasper, 67, badalado iluminador alemão radicado no Brasil. O valor de R$ 5 milhões é a mesma quantia gasta pela prefeitura durante um ano inteiro para a manutenção de todo o sistema de iluminação pública na cidade. O custo mensal do consumo de energia pago à Celpe é de R$ 1,7 milhão, valor bem próximo ao da iluminação natalina. Valores tão altos de um lado, contra quantias tão modestas de outro, colocam na berlinda a gestão de recursos diante de tantas críticas sobre a precária luminosidade nos bairros. Quase de forma irônica, com a escuridão se ilumina outro calo dos atuais gestores: a insegurança pública é generalizada no Recife, que hoje ostenta o título de segunda capital mais violenta do Brasil de acordo com o ranking divulgado este mês pelos ministérios da Saúde e da Justiça.

texto completo

Site Footer

Sliding Sidebar

Instagram