Jornais

Bolsa Família ajudou a eleger muitos prefeitos

Balanço // Programa virou moeda eleitoral para aliados do governo e até para oposição

Paulo Rebêlo
Diario de Pernambuco
02.novembro.2008

Com o fim das eleições, analistas e setores da oposição apressaram-se em desvincular o Bolsa Família do resultado do pleito municipal. Em parte, devido à fraca conquista eleitoral do PT nos grotões de pobreza. Em Pernambuco, somente oito cidades elegeram prefeitos petistas. Nacionalmente, o PT (sozinho) também perdeu nos pequenos municípios. No entanto, ao contabilizar a base de apoio do governo e somar com a oposição que “abraçou o Bolsa Família”, nota-se como o programa pode ter sido, sim, uma das principais moedas eleitorais no interior. Estudar a hipótese, contudo, é ruim para a oposição e pior ainda para o governo. Não à toa, pouco se discute o assunto.

Read more
Jornais

Manari não é mais a mesma

SERTÃO // Município vive bom momento com a chegada de recursos federais e estaduais

Paulo Rebêlo (texto/fotos)
Diario de Pernambuco

12.outubro.2008

Manari – Ninguém consegue mais ouvir falar de Manari, a suposta cidade com o menor Índice de Desenvolvimento Humano (IDH) do Brasil. Nem mesmo a população local, acostumada com a exagerada midiatização sobre fome e pobreza. Há três anos, no mínimo, Manari deixou de ser uma cidade isolada e pobre, diante da quantidade de projetos implementados ali.

Read more
Jornais

Bolsa Família: oposição mudou de lado

Paulo Rebêlo
Diario de Pernambuco – 29.julho.2008

Nas comunidades por onde passa na periferia do Recife, o candidato Mendonça Filho (DEM) tenta desfazer o mito pelo qual ele seria contra o Bolsa Família. A tentativa, contudo, não anula o histórico do partido. Além do DEM, a aliança PSDB-PMDB igualmente não é conhecida por medir críticas mordazes ao programa. (Leia alguns questionamentos ao lado).

Read more
Jornais

Pesquisa estadual esquenta debate sobre Bolsa Família

Social // O desafio de atender situações extremas sem aumentar o grau de dependência

Paulo Rebêlo
Diario de Pernambuco – 15.junho.2008

Como continuar distribuindo dinheiro para quem não tem emprego, sem perpetuar a pobreza? Ao considerar que a qualificação profissional não é um requisito, eis um dos principais dilemas do Bolsa Família e, ao mesmo tempo, alicerce das maiores críticas de quem acredita que o programa só ajuda a aumentar o já latente assistencialismo praticado no Brasil.

Read more