Aliança: nome do eleito sai em duas horas

INTERIOR // Pleito de amanhã será disputado entre Azoka Gouveia e Cláudio Guedes Paulo Rebêlo Diario de Pernambuco – 03.maio.2008 Mantendo-se os trâmites legais e a segurança jurídica para o pleito, ainda neste domingo, duas horas depois do encerramento da votação, o Tribunal Regional Eleitoral (TRE) anuncia o nome do novo prefeito de Aliança, a 81 km do Recife na Mata Norte. Em clima tenso, os eleitores irão escolher entre Azoka Gouveia (PR) e Cláudio Guedes (PSDB) para um mandato-tampão de oito meses, cumpridos até a posse do novo prefeito a ser escolhido na eleição oficial de outubro.

texto completo

Temor de aliança com Jarbas

Paulo Rebêlo Diario de Pernambuco – 01.fev.2008 foto: Edvaldo Rodrigues/Arquivo DP/2006 Enfim, o PT resolve admitir publicamente a crença em fantasmas. Antes restrita a círculos internos da política local, a hipótese de uma eventual aliança entre o prefeito João Paulo e o senador Jarbas Vasconcelos (PMDB) volta à tona com a entrevista de Humberto Costa à Rádio Folha. Na ocasião, o líder da tendência Unidade na Luta (UL) finalmente reconheceu que “este fantasma existe” – referindo-se à aproximação política entre João Paulo e o ex-governador de Pernambuco.

texto completo

Em Aliança, Dona Nanete faz e desfaz

INTERIOR // Sem prefeito desde abril e à espera da eleição do novo titular, município vive ainda sob o poder dos Freitas, que foram cassados Paulo Rebêlo Diario de Pernambuco – 11.nov.2007 O futuro político de Aliança, a 81 km do Recife, na Zona da Mata Norte, reside na decisão da Corte Especial do Tribunal de Justiça de Pernambuco (TJPE), prevista para ser votada nesta segunda-feira (12) à tarde. Reunindo os 15 desembargadores mais antigos, a Corte Especial irá julgar o pedido de intervenção no município, envolto em uma instabilidade política desde abril. Foi quando a Justiça Eleitoral cassou o mandato do prefeito Carlos José de Almeida Freitas, do vice-prefeito Pedro Francisco de Andrade Cavalcanti e da presidente da Câmara Municipal, Ana Maria de Almeida Freitas, todos do PSDB. Por trás do imbróglio político há uma série de denúncias sobre fraudes no INSS, compra de votos e até mesmo tráfico internacional de crianças. A lei do silêncio, contudo, impera entre os moradores. Muitos já sofreram ameaças. A reportagem do Diario esteve em Aliança e chegou a sofrer tentativa de agressão ao entrevistar a vereadora cassada Ana Freitas, que responde a diversos processos judiciais de 1º, 2º e 3º graus. O

texto completo

Site Footer

Sliding Sidebar

Instagram