Hospede seu site com a Deborah Secco e a Ana Paula Arósio

Categories Artigos, WebPosted on

Em termos de hospedagem de sites (web hosting), os principais concorrentes das pequenas empresas são as atrizes Deborah Secco e a Ana Paula Arósio. Todos os dias, escutamos o burburinho na hora do almoço e lemos os xingamentos nas redes sociais sobre sites que não funcionam, sites que saem do ar, sites que são “hackeados” (entre aspas, mesmo) e sites que demandam tanto tempo para atualizar que é melhor deixar desatualizado.

O barato serve para muita gente, mas não para todo mundo.

Paulo Rebêlo
Webinsider, 18.abril.2015
link

Em termos de hospedagem de sites (web hosting), os principais concorrentes das pequenas empresas são as atrizes Deborah Secco e a Ana Paula Arósio.

Todos os dias, escutamos o burburinho na hora do almoço e lemos os xingamentos nas redes sociais sobre sites que não funcionam, sites que saem do ar, sites que são “hackeados” (entre aspas, mesmo) e sites que demandam tanto tempo para atualizar que é melhor deixar desatualizado.

Donos de assessorias reclamam. Diretores de empresas reclamam. Até mesmo os gerentes de tecnologia reclamam, já que o departamento comercial resolveu terceirizar a hospedagem para diminuir custos.

Em uníssono, todos reclamam.

Da lentidão do site, dos problemas que não conseguem resolver, dos problemas que o “pessoal da informática” diz não ter solução, da espera para ser atendido por um suporte técnico nada técnico.

Também em uníssono, todos querem os problemas resolvidos pagando 35 reais por mês.

Agora, a Deborah Secco me diz – na televisão, no rádio, nas redes sociais, em cadeia nacional – que os planos da Locaweb começam em R$ 12,90 por mês. Se você não estava em Plutão nos últimos anos, a Locaweb é a maior referência comercial em hospedagem de sites no Brasil.

Vamos pensar juntos. O que você quer, na verdade, é que o seu novo empreendimento, ou sua empresa consolidada há 20 anos, tenha um site hospedado de modo estável e seguro, com a máxima qualidade, a um custo mensal inferior a um prato de arroz com feijão e bife ruim.

Provavelmente, o seu site também não deve funcionar direito porque é ruim desde a concepção até a implementação. É o mesmo site que você pagou 500 reais (achando caro) para aqueles guris ricos que estão brincando de empresários ou para aquele sobrinho que conserta computador.

Uma empresa de hospedagem não vai resolver seu problema. E ainda pode criar vários outros que você não tinha antes.

Qualidade é difícil de medir, mas é fácil de comprar

Empresas como Locaweb, UOL Host e outras do segmento são comercialmente inteligentes e conseguem ganhar por volume, o que deveria lhe parecer óbvio.

Na lógica de um mercado cada vez mais saturado e de clientes cada vez mais desinformados, é totalmente compreensível e até elogiável que eles saibam aproveitar as oportunidades.

Se colocam a Deborah Secco, é porque são ainda mais inteligentes em reconhecer o que o público deles quer e como o público deles pensa.

Mais difícil de entender, porém, é a relação que uma empresa como a Embratel tem com hospedagem de sites. Em campanha nacional, a Embratel oferece planos de hospedagem a partir de um segmento chamado Presença Web Embratel. Também com campanhas nacionais de divulgação.

As características dos planos são piadas prontas. Por exemplo, consideram “site móvel básico” como se fosse um adicional de luxo e limitam em apenas uma página por plano. Na aba “Funcionalidades Avançadas”, você vai encontrar “Gerenciador do Microsoft Frontpage 2002″.

Você não leu errado, é isso mesmo.

Locaweb, Embratel, UOL Host e tantas outras têm o trunfo do volume e dos recursos de publicidade que nenhuma outra pequena ou média empresa tem. Na verdade, poderiam cobrar até menos do que R$ 12,90/mês, sobretudo quando compartilham recursos inutilizados de suas respectivas infraestruturas de servidor.

Mas você não deve condenar essa prática. Pelo contrário.

Essas empresas são extremamente necessárias para o mercado, pois em qualquer setor e qualquer segmento sempre existiu e sempre vai existir a demanda de baixo custo. Com um valor agregado quase nulo e qualidade técnica de atendimento idem.

O que você – profissional de TI, diretor de empresa, assessoria ou agência – deveria se perguntar é se a marca, a história e a credibilidade sua e dos seus clientes fazem parte desse público e dessa demanda.

Se você achar que sim, ótimo.

Quando me questionam sobre hospedagem e manutenção de sites, a primeira pergunta que faço – e respondo – é sempre a mesma: você quer manter o site no ar pelo menor preço, só para dizer que existe? Vá para Locaweb. Sou o primeiro a indicar. E indico mesmo. E ainda sugiro que assistam ao filme da Bruna Surfistinha enquanto esperam ser atendidos quando o site cair.

Aqui na PZ, a gente cobra 1 real (você leu certo de novo) se o cliente quiser migrar o site dele para uma hospedagem de baixo custo. Migramos do nosso servidor para qualquer das loucaweb por 1 real.

No dia que as pequenas (boas) empresas de serviços em tecnologia entenderem que não concorrem com as loucawebs das internetes, o relacionamento com os clientes pode ficar bem mais fácil.

Talvez fique difícil apenas o relacionamento com o gerente do seu banco, mas isso são outros 500 reais.

Acompanhe os textos também pelo facebook.com/hipopocaranga

Deixe uma resposta