Batalha entre vampiros e lobisomens

Categories Cinema, JornaisPosted on

flip160

Paulo Rebêlo
Diario de Pernambuco
18.abril.2009

Uma sanguinária batalha milenar explode entre duas tribos poderosas e imortais. De um lado, vampiros. De outro, lobisomens. Eles não se bicam, claro, mas uma paixão entre representantes de cada lado pode mudar todo o destino da humanidade. Não é sinopse de desenho animado, mas é quase. Trata-se do terceiro filme da franquia Anjos da Noite (Underworld), sempre com relativo sucesso de bilheteria nos Estados Unidos e no Brasil, sobretudo entre os mais jovens.

Agora, Anjos da Noite – A rebelião (Underworld – Rise of the Lycans, EUA, 2009) chega ao Recife e se dá o luxo de contar com atores de peso como Bill Nighy e Michael Sheen, mas não conseguiu recuperar todo o elenco dos dois primeiros filmes. A protagonista Kate Beckinsale e seu tradicional uniforme preto de couro só aparecem em flashback, já que o roteiro se passa em uma época quando sua personagem ainda não havia nascido.

Depois do primeiro filme em 2003, o segundo (Evolution) veio em 2006 e agora em 2009 o mesmo diretor dos anteriores – Patrick Tatopoulos – quer mostrar como tudo começou. O espectador conhece a história dos Lycans (lobisomens) que já foram escravos dos vampiros e depois se rebelaram, dando início à série de batalhas sangrentas vistas nas aventuras anteriores.

A maior novidade do terceiro filme é a inclusão de outra beldade inglesa (sim, elas existem) além da Sra. Beckinsale. Rhona Mitra chega para interpretar a vampira guerreira Sonja e consegue roubar a cena dos veteranos. Não é para menos, já que a atriz tem investido pesado em filmes de ação. Fica a dica de outro filme onde Rhona Mitra realmente domina do início ao fim: Juízo Final (Doomsday, EUA, 2008) já disponível nas principais locadoras em DVD.

Histórias à parte, Anjos da noite atrai o público ávido por histórias de vampiros com muita ação e efeitos especiais, cada vez mais caprichados.

Acompanhe os textos também pelo facebook.com/hipopocaranga