Comédia francesa com influência do besteirol

flip154CINEMA // Ao ser atropelado, o problemático contador Jean-Christian Ranu, vivido por Daniel Auteuil, incorpora o espírito do motorista que morreu no local

Paulo Rebêlo
Diario de Pernambuco
10.abril.2009

Daniel Auteuil faz parte de um pequeno grupo de atores franceses que não precisa explicar os filmes nos quais atua. E não são poucos, na carreira deste argelino de nascença, com onze prêmios nas costas e 14 indicações, até hoje mantendo-se distante de Hollywood sem a menor crise de identidade.

Já interpretou quase todos os tipos de personagens e se dá ao luxo de segurar os filmes sozinho, mesmo quando o resultado fica aquém do seu histórico no cinema.

Assim é a comédia Dois em um (La personne aux deux personnes, França, 2008) estreia deste fim de semana no Cine Rosa e Silva. Ao ser atropelado, o problemático contador Jean-Christian Ranu “incorpora” o espírito do motorista que morre no local. De início pode parecer uma adaptação à francesa do casal Tony Ramos e Glória Pires (Se eu fosse você), mas aqui Daniel Auteuil se mete em trapalhadas sozinho, enquanto aproveita para ironizar com o atual estilo de vida corporativo na França.

O motorista é Gilles Gabriel, um cantor em decadência, depois de ter feito muitosucesso nos anos 80. Interpretado por Alain Chabat, Gilles é o personagem mais interessante e carismático, embora só apareça no início e em poucos flashbacks. Uma oportunidade perdida pelos diretores estreantes Nicolas Charlet e Bruno Lavaine, que preferiram exigir de Auteuil acrobacias pouco convincentes.

Para os fãs do ator e do cinema francês de qualidade, fica a dica para procurar MR 73 (2008) já disponível nas locadoras em DVD, um ótimo drama-policial onde Auteuil mostra por que os americanos sempre o comparam com Robert de Niro.

Site Footer

Sliding Sidebar

Instagram

  • Protena e lpulo no mesmo enquadramento desta sexta
  • Deu praia

arquivão