Natal dos incluídos

Distante do luxo de buffets e shows fechados, os palcos alternativos fervem de cultura popular nas noites de Natal e Réveillon

Paulo Rebêlo
Diario de Pernambuco
24.dezembro.2008

Enquanto muita gente vai pagar R$ 200 para ceias de natal em luxuosos restaurantes do Recife, outros vão desembolsar valor parecido para shows de bandas famosas do Sul e do Sudeste. De hoje à noite até o réveillon, não faltam opções. E quanto mais caro, mais difícil é achar uma vaga ou ingresso. Mas, para quem deseja respirar cultura de verdade, os lugares são outros.

Os pólos alternativos para natal e ano-novo, longe do centro e do luxo, contam com o que há de melhor em termos de dança, música e apresentações populares. De graça. Além dos tradicionais Marco Zero, Sítio da Trindade e Pátio de São Pedro, é hora de ir para Brasília Teimosa, Ibura, UR-7/Várzea, Bongi, Jardim São Paulo, Morro da Conceição e Nascedouro de Peixinhos.

Além do policiamento prometido pela Prefeitura do Recife, os palcos descentralizados contam com estrutura própria e empregam mão-de-obra local. A depender do ponto, as atrações incluem até missas ecumênicas ao ar livre na noite de natal e, no réveillon, longas queimas de fogos de artifícios.

Com o empenho de associações de moradores e organizações afins, bandas e cantores do próprio bairro se destacam. É o caso do Ibura, englobando os bairros de UR-1, UR-2, Jordão e adjacências. “E o melhor é que todo ano vem mais gente de fora, está muito organizado”, explica a presidente da associação de moradores da UR-2, Meire Matias.

O conselheiro de cultura da RPA-6, José Cleto Machado, adianta que no Ibura apenas duas atrações serão de “fora” do próprio bairro: Kelvis Duran e a banda Sambrasil. E ambas por opção dos moradores, pois a escolha foi votada. O restante, mais de 20 bandas e grupos de cultura popular, são da vizinhança. Tem pastoril, reisado, maracatu, MPB, rock, brega, reggae e até música gospel.

Graças ao trabalho cultural desenvolvido no Ibura, a Rede Reação foi uma das vencedoras do Troféu Construtores da Cultura 2008. Outros agraciados este ano foram Gilberto Gil, Miró, Zé de Bibi, José Pimentel, Velho Dengoso e o MaestroAdemir Araújo. “Mostramos à prefeitura como os bairros têm talento, não é só o pessoal de fora. A Companhia de Folguedos abriu o último show de Zé Ramalho, o grupo Bria Soul abriu para Vanessa da Mata. Agora somos âncora, já mandamos nossos artistas até para o exterior. Temos oficinas de cultura, acompanhamento pedagógico…”, explica José Cleto.

Em Brasília Teimosa, um dos grupos de pastoril conta com 21 senhoras em apresentações de 16 minutos. Elas passam o ano ensaiando com uma professora voluntária. “São nossas sereias teimosas”, brinca a telefonista Tânia Ribeiro, presidente do Espaço Cultural e Ambiental do bairro. Com apoio da comunidade, ela conseguiu reunir bandas locais como a Mocidade Zona Sul (samba), GambGaragem (pop rock), Daniel Ribeiro & Banda (MPB), Cia de Dança Angelita Kerollaine, Luan Show (forró estilizado, liderada pelo próprio Luan, de 16 anos), entre várias outras.

O brega, ritmo comumente alvo de preconceito, também ganha releituras nos pólos alternativos, como é o caso da banda Chamade Amor. “As vocalistas são todas dona-de-casa e refizeram as letras para tirar qualquer conotação machista ou sexual. Elas cantam um brega do bem”, antecipa José Cleto, com troféu em mãos, ao lado do sorriso da vocalista Angela Mell.

Serviço

Programação completa dos pólos:
www.recife.pe.gov.br/noticias/arquivos/497.rtf
Rede Reação (José Cleto): 8755.7092
Espaço Cultural em Brasília Teimosa: 8853.0501

Saiba mais

Programação de hoje (24) a partir de 22h *

Brasília Teimosa: Ca. Átrios de Arte, Luardart, Balé Deveras, Daniel Ribeiro, Banda Pra Valer, Cem Por Cento Que Bolado, Samba Pros Amigos, Swing do Amor

Ibura: Cia Pé-Nambuco, Cia de Dança Skill, Missa de Natal, Boi de Mainha, Natureza Humana, Abuzzados do Forró, Kelvis Duran

Nascedouro de Peixinhos: Pastoril Luz do Amanhecer, O Pato, Anhuma, Saga, Rumbanda, Boi de Loucos, Coco do Zé, DJ Rone, Labaredas
* há programação com outras bandas todas as noites até o final do ano.

Pólos

Jardim São Paulo – Av. São Paulo (em frente ao Colégio Betel).
Av. do Forte – Praça do 15
UR-7/Várzea – Terminal de ônibus da UR-7
Bongi – Praça Maria Vitalina (Terminal do Bongi)
Beberibe – Campo do Bueirão-Conj. Hélio Mariano
Brasilia Teimosa – Av. Brasília Formosa (beira-mar)
Ibura – Campo do Nacional

Site Footer

Sliding Sidebar

Instagram

  • Ser que esse avio da azulinhasaereas  p Ministra Damares?
  • Mudou a cor da estrela e mofou a cerveja PokerNight

arquivão