FHC quase cai… do céu

Para quem acredita em macumba, catimbó e outras pajelanças, a história da TAM com a aeronave Fokker-100 é um prato cheio. Nunca na história deste país (© Lula da Silva) houve tantos incidentes e temores com um modelo específico de avião.

O jornal Zero Hora deste final de semana publicou uma bizarra reportagem-denúncia, sobre caso ocorrido em 2002 e que quase mata o então presidente Fernando Henrique Cardoso. Por um intervalo de apenas 24 segundos, o famoso Sucatinha presidencial não colide com um Fokker-100 da TAM que fazia o trajeto São Luís-Brasília, com 108 passageiros e cinco tripulantes a bordo.

O Sucatinha é um Boeing 737-200 utilizado em viagens menores, é versão reduzida do célebre Sucatão, que foi substituido pelo luxuoso AeroLula nas viagens presidenciais.

A colisão não ocorreu por uma fração de segundos. De acordo com apuração do Zero Hora, houve investigação, mas ninguém foi punido. A colisão foi evitada em cima da hora com ajuda do TCAS (da sigla em inglês para Sistema de Alerta e Prevenção de Colisão de Tráfego) que é acoplado ao transponder- o mesmo artefato que está no centro da polêmica com o acidente da Gol, ano passado.

Site Footer

Sliding Sidebar

Instagram