AOL Brasil se despede do País e Terra assume

Paulo Rebêlo
Folha de Pernambuco, 04 janeiro 2006

Um desastre anunciado. Desde que se instalou no Brasil, a America Online foi personagem de polêmicas na internet brasileira, como contratações e parcerias milionárias. Com o passar dos (poucos) anos, os indícios de que o aglomerado não estava bem das pernas apareciam de todos os lados. Na matriz americana, todos negavam. Agora, não tem mais volta: a AOL Latin America entregou um documento para a Securities and Exchange Commission (SEC) nos Estados Unidos, confirmando que será incorporada pelo Terra Brasil. O valor exato da negociata não foi divulgado, mas pode chegar a dois milhões de dólares.

Com a transação, o Terra vai ficar com a base da AOL Brasil. No entanto, os atuais assinantes do provedor não são obrigados a migrar. A AOL não revela o número de clientes no País, mas garante que o Terra possui a informação, até por uma questão econômica do provedor. O acordo depende de aprovação da Corte de Falências americana, que deve decidir até o final deste mês.

A America Online existe desde 1985, mas chegou ao Brasil apenas em 1999. A empresa já havia vendido as operações em outros países da América do Sul, como a Argentina, em anos anteriores. Mas ainda não havia conseguido se livrar no Brasil. Nos Estados Unidos, a AOL continua sendo uma das principais personagens da web, com milhões de assinantes.

Site Footer

Sliding Sidebar

Instagram