Opções para programas de uso diário

Software Livre 3/3

Paulo Rebêlo
rebelo@folhape.com.br

Na primeira matéria da série sobre software livre (16 de fevereiro), a Folha mostrou como substituir o Windows por um sistema operacional Linux, de código aberto e gratuito. Na segunda (23 de fevereiro), testamos os principais pacotes de escritório (texto, planilha, apresentação) para você trocar o Microsoft Office. Agora, vamos ver quais são as outras opções que você pode usar, tanto no Windows como no Linux, para não se escravizar com programas caros e pouco funcionais.

Depois das tarefas básicas, é comum o usuário precisar de um bom programa para editar fotos e gerenciar imagens. O destaque é o Gimp, uma alternativa que bate de frente com o Adobe Photoshop. A diferença? O primeiro é gratuito, enquanto o segundo custa algumas centenas de reais. Claro que não apenas isto, pois o Gimp também é a escolha preferida de muitos especialistas, mesmo quando eles têm dinheiro para comprar o Photoshop. O programa nasceu na plataforma Linux mas, logo depois, ganhou versão para Windows. A interface pode parecer complicada no início, mas nada que a prática não resolva.

Para substituir o MSN Messenger, talvez o mais popular para conversar na Rede, existem várias opções. Uma delas é o AMSN Messenger, de código aberto. No entanto, testamos outras versões que também agradem o usuário com computador lento. A mais simples, sem firulas gráficas, chama-se Miranda IM. Com ele, você conversa com seus amigos do MSN, ICQ, AOL Messenger, IRC e outros protocolos dentro do mesmo programa. Popular é o Trillian, com versões gratuitas e pagas, também reunindo vários programas em um só.

Uma boa fonte em software livre é o SourceForge. Vale a pena uma visita, para conhecer novidades e projetos em andamento. Para os curiosos, sempre há documentações dos aplicativos. Se você já abandonou o Windows ou ainda pensa em migrar para o Linux, é bom saber que há alternativas para o pingüim à altura do sistema da Microsoft.

Consultor em Linux, Luis André Braga, completa as dicas. Para escutar MP3 e arquivos de som, a dica é o XMMS. E em multimídia, quem gosta de assistir filme no computador deve procurar o XINE, bem bacana e leve. Para gravar CDs, em vez do Nero, procure o K3B. Tem suporte para arquivos do Windows, basta selecionar a opção Joilet na hora de gravar. Gerenciamento de projetos, você pode trocar o Microsoft Project pelo DotProject.net, nome que parece uma paródia à plataforma de programação .Net da Microsoft. Usuários do eMule, tradicional programa de download, podem optar pelo Ed2k.

Thunderbird no lugar do Outlook —

Já vimos o que não é preciso usar o Linux para se iniciar no mundo do software livre e deixar certos chiliques para trás. Ao navegar na Internet, o browser Firefox tem se popularizado bastante e, em edições passadas, a Folha publicou testes e novidades sobre o navegador. Agora, vamos conhecer o Thunderbird, um cliente de e-mail que pode facilmente substituir Outlook Express e Outlook 2003. O grande trunfo do Thunderbird, que também é desenvolvido pela mesma equipe do Firefox, é a facilidade de gerenciar um volume alto de mensagens. Outra pedida é a ferramenta antispam, que realmente funciona.

O Thunderbird é gratuito e tem uma interface similar ao Outlook 2003, apesar de ainda não trazer recursos de agenda e compromissos tão eficientes quanto o produto da Microsoft. Para diminuir a defasagem, o usuário pode fazer o download de uma série de adicionais (plug-ins) no site da Mozilla. Cada adicional (e são centenas deles) acrescenta uma nova função ao e-mail. Para gerenciar compromissos, a dica é procurar o Sunbird. Em breve, as novas versões do cliente de e-mail já virão integradas com a agenda.

Se você não tem tempo de criar e cuidar de pastas de e-mail, não se preocupe. Pode deixar tudo acumular na caixa de entrada, pois, pegando emprestado um recurso similar ao Google, o Thunderbird consegue organizar automaticamente as mensagens e separá-las por data, tópico e até mesmo personalizar a organização.

Você pode classificar por “Trabalho”, por exemplo, e aí o próprio software se encarrega de filtrar e mostrar apenas e-mails cujo endereço tenha terminação @suaempresa.com.br. Ainda dá para usar contas POP3 e IMAP. O download tem apenas 6 Mb e, após instalado, o programa não sobrecarrega o Windows.

Site Footer

Sliding Sidebar

Instagram

  • Temos redlights no blues e jazz patrocinado por quem faz
  • Cremosidades alimentares para hoje cremosinho

arquivão