Atualize seu Windows 2000 com SP2

Paulo Rebêlo | maio.2001

Na surdina, o segundo pacote de atualização (service pack) para Windows 2000 apareceu no site da Microsoft sem a convencional propaganda. São cerca de 500 bugs corrigidos que envolvem performance, segurança e estabilidade. A lista completa de correções, com quatro páginas, pode ser encontrada [aqui]. O arquivo, de 101 Mb, pode ser baixado [aqui


Quem não quiser esperar o download, pode requisitar um CD por US$ 19,95. Empresas que desejem atualizar antigos sistemas operacionais para Windows 2000 poderão, em breve, comprá-lo com o Service Pack 2 (SP2) integrado, sem necessidade de atualização posterior.

Entre os principais problemas corrigidos pelo SP2, muitos são bastante perceptíveis aos atuais usuários:

* estouro de pilha/memória em alguns programas;
* não-reconhecimento de CDRW’s criados pelo DirectCD (pacote Easy CD Creator);
* consumo de 100% no processador, em algumas situações on-line;
* coolers que não funcionam em alguns notebooks IBM Thinkpad;
* sumiço de periféricos USB após um retorno de standby ou ‘hibernação’.

NT 4.0 APOSENTADO –

Sabe-se bem que o Windows NT 4.0 ainda é bastante utilizado no ambiente corporativo, seja para estações de trabalho ou para servidores. Até agora, a Microsoft manteve o hábito de liberar ‘service packs’ para o sistema. Com exceção de algumas complicações (os SP 1 e 2 instalavam mais problemas do que correções), quase sempre os pacotes davam conta do recado.

A idéia era sempre manter o NT seguro o suficiente para ser usado sem problemas, seja em intranets ou na internet. A espera pelo sétimo pacote de correções, o SP7, foi frustrada pela Microsoft.

A empresa não mais dará continuidade às atualizações do NT. Em nota oficial, a Microsoft garante que o mais recente pacote, o SP 6a, é suficiente para todos. Logo, o SP7 não é necessário. Leia o boletim no site oficial [aqui].

O SP7 deveria ter sido lançado em novembro do ano passado. Foi adiado, adiado… até ser, finalmente, cancelado.

Destarte, empresas tendem a recorrer, a partir de agora, ao Windows 2000 a fim de atualizar os computadores. Pelo menos é o que pretende a Microsoft.

LINUX GANHA TERRENO –

Quem sai ganhando é o Linux, por dois motivos: primeiro, o alto preço do Windows 2000. Segundo, o novo kernel do Linux – leia matéria ao lado – que, de acordo com recentes pesquisas, apresentou uma performance superior ao Win2000 em servidores pesados e com grande quantidades (100 Gb+) de dados armazenados.

Ao mesmo tempo, a Microsoft mudou o contrato de licença para os sistemas operacionais – veja matéria ao lado. Agora, as empresas precisarão renovar o contrato a cada ano e pagar mais caro.

Para a indústria, enquanto a medida pode beneficiar alguns poucos clientes, certamente irá espantar muitos. Segundo pesquisa do Guernesey Research, o acréscimo no valor final para a maioria das empresas ficará entre 22% e 68%, a depender da situação. Para o Gartner Group, o aumento pode ficar entre 33% e 107%.

Site Footer

Sliding Sidebar

Instagram