Internet Explorer 6.0 está pronto, mas muda pouco

Paulo Rebêlo | agosto.2001

A versão final do Internet Explorer 6.0 está disponível para download gratuito no site da Microsoft em www.microsoft.com/ie. Por enquanto somente em inglês, mas durante as primeiras semanas de setembro chegam as edições internacionais. Caso você esteja usando o IE 5.0 ou 5.5, o download não é grande. Cerca de 10-15 Mb, a depender do sistema operacional e das opções escolhidas. O novo IE funciona em Windows 98/SE/Me/NT/2000, nada de Windows 95. O programa ficou pronto antes do previsto, visto que durante quase seis meses a Microsoft escondeu o jogo e admitiu que planejava liberar o IE6 apenas para oo Windows XP. Voltou atrás e resolveu soltar edições beta, até chegar à final.


Não espere mudanças significativas, nem mesmo estéticas, no IE ou Outlook Express 6.0. Ambos continuam idênticos. As mudanças são internas: segurança, privacidade e integração. No entanto, o gerenciador de cookies é digno de aplausos. Você pode mudar os níveis de segurança — baixa, média baixa, média, média alta ou alta — de acordo com os seus interesses. Usuários domésticos podem deixar no padrão (média) e administradores deverão saber o que melhor atende a rede. Cookies são pequenos arquivos enviados e recebidos pelos sites, para armazenar algumas informações ou preferências do usuário. São comuns e úteis, mas também podem ser usados de forma maléfica.

Toda vez que um cookie é rejeitado, aparece um ícone vermelho na barra de status do IE. Clique duas vezes e saiba exatamente a origem do cookie. Na configuração padrão, poucas vezes o ícone aparece. Aumente a segurança para “média alta” e aguarde algumas surpresas. O IE6 faz uso de um protocolo padronizado, o P3P – Platform for Privacy Preferences. É através dele que o navegador conta com um gerenciamento aperfeiçoado de cookies e uma segurança mais aguçada, segundo a Microsoft. É possível também analisar as políticas de privacidade dos sites (privacy policies) e bloquear, ao gosto do usuário, certas “invasões passivas”, geralmente representadas pelos cookies ou outros códigos maliciosos.

Com a versão 5.5 do IE, os usuários tinham apenas três opções: bloquear todos, bloquear nenhum, ou receber uma notificação toda vez em que o site tente empurrar um cookie. Ao bloquear todos, perde-se em navegabilidade e, às vezes, não dá para visitar certas seções dos sites, além de não poder efetuar compras online ou personalizar páginas de acesso constante. Ao bloquear nenhum, deixa o computador um pouco ao capricho de webmasters. No sentido integração, basta clicar no ícone “Media” (mídia) e notar que o IE6 segue o exemplo do MSN Explorer para aglutinar o navegador com o Windows Media Player. É um recurso interessante para quem gosta de ver vídeos ou escutar músicas por streaming, principalmente com uma conexão em banda larga.

Site Footer

Sliding Sidebar

Instagram

  • No lembro mais a ltima vez ou h quantos anos
  • Remdio caseiro conhecido como kitcuraressaca Um oferecimento dos laboratrios heineken

arquivão