Internet Explorer 6.0 é mais seguro com P3P

Paulo Rebêlo | maio.2001

A próxima versão 6.0 do Internet Explorer (IE) chegará apenas em outubro, em lançamento conjunto ao Windows XP, mas a Microsoft começa a popularizar as novidades do navegador desde já. Uma versão para testes pode ser encontrada em www.microsoft.com/ie/preview/ e qualquer pessoa pode fazer o download, em qualquer Windows.


Em recente nota oficial, a empresa divulgou dois pontos importantes sobre os novos recursos. O primeiro é a integração com o sistema operacional XP. Na mesma janela, o usuário poderá gerenciar os contatos do MSN Messenger (concorrente do ICQ) e, ao mesmo tempo, ouvir músicas através do Windows Media Player. Quem conhece o navegador MSN Explorer, sabe do que se trata.

A segunda principal novidade é o investimento na privacidade do usuário. O IE6 terá como plataforma um novo protocolo padronizado, o P3P – Platform for Privacy Preferences, que não tem nada a ver com o P2P (peer-to-peer) usado pelo Napster e similares. Através do P3P, o navegador contará com um gerenciamento aperfeiçoado de “cookies” e uma segurança mais aprimorada, segundo a Microsoft.

Na linguagem da Web, “cookies” são pequenos arquivos textos que o internauta deixa ao entrar em determinados sites (geralmente sem saber), contendo informações como resolução do monitor, versão do sistema operacional, velocidade do modem e outros dados que podem ser úteis ao webmaster, porém, também podem revelar informações as quais o usuário não gostaria de revelar.

O IE6 poderá analisar as políticas de privacidade dos sites e bloquear, ao gosto do usuário, certas “invasões passivas”, quase sempre representadas pelos cookies. Hoje, com a versão mais atual (5.5) do IE, os usuários possuem apenas três opções: bloquear todos os cookies, não bloquear nada, ou receber uma notificação toda vez em que o site tentar empurrar um.

Ao bloquear todos, o usuário perde em navegabilidade e, às vezes, sequer pode visitar certas seções de determinados sites, além de não poder efetuar compras on-line ou personalizar páginas de acesso constante. Ao bloquear nenhum, deixa o computador um pouco ao capricho de webmasters. Com os novos controles do IE6, haverá cinco níveis de segurança, todos personalizáveis. Usuários mais experientes ainda contarão com recursos avançados de segurança os quais, até agora, não foram especificados pela Microsoft.

Enquanto a Microsoft afirma que os recursos de segurança e privacidade do IE6 foram implementados porque os usuários pediram, a indústria – e o governo americano – pensam um pouco diferente. Para eles, a iniciativa visa retardar a atual discussão nos Estados Unidos sobre o projeto de legislar as políticas de privacidade na internet. Nos EUA, a falta de legislação sobre a rede vem se tornando um problema, sobretudo, político.

Site Footer

Sliding Sidebar

Instagram

  • No lembro mais a ltima vez ou h quantos anos
  • Remdio caseiro conhecido como kitcuraressaca Um oferecimento dos laboratrios heineken

arquivão