Como conquistar uma mulher

manual prático para o galanteador pós-moderno do novo milênio

Paulo Rebêlo // abril.2001

Todo ano as pessoas se olham no espelho e dizem para si mesmas: eu vou mudar. O contexto psicológico e desesperador na frase “eu vou mudar” é clamoroso o suficiente para fazer com que não queiramos entrar no mérito reflexivo da questão. Não posso falar em nome das mulheres, porém, no caso dos homens o “eu vou mudar” quase sempre significa o seguinte: este ano eu vou traçar o dobro de mulheres que papei no ano passado. Como o dobro de zero é zero, a situação permanece estagnantemente nula.

Todavia, 2001 não é apenas um ano qualquer. É o primeiro ano do novo milênio e do novo século – tá certo, você não agüenta mais a ladainha de “novo milênio” e “novo século”. Nem eu, mas vou fazer o quê? Preciso agradar as esotéricas que, por sinal, têm um fogo…

A fim de ajudar as almas masculinas em súplica, a revista IstoÉ publicou, em janeiro, o resultado de uma pesquisa de opinião sobre o que as mulheres mais gostam nos homens. Eis as características que elas mais apreciam nos seres humanos de duas cabeças, de acordo com as mesmas:

Romântico e carinhoso – 15,7 %
Sinceridade – 15,4 %
Papo interessante – 14,2 %
Bom nível cultural – 13,8 %
Sensualidade – 6,9 %
Boa situação financeira – 6,1 %
Desejar compromisso sério – 5,8 %
Beleza – 4,6 %

De posse do presente resultado, cheguei à brilhante conclusão de que novos tempos requerem novas táticas de conquista. Após infinitas horas de filosofia zen-buNdista, finalizei este manual voltado ao conquistador pós-moderno que irá mudar a sua vida. No caso dos homens, fará com que as leis da matemática sejam aposentadas, a partir do momento em que se consiga
provar que o dobro de zero não é mais zero. No caso das mulheres, ajudará a identificar quando nós estamos querendo apenas fazer aquilo [no primeiro encontro] que vocês também querem mas têm vergonha de admitir.

O objetivo deste manual é ajudar homens e mulheres de forma prática. Ajudar os homens de modo que aumentem a eficácia na hora de ganhar o [ … escreva o substantivo aqui … ] das mulheres. E ajudar as mulheres, para que elas percebam mais facilmente quando nós estamos querendo apenas o [ … escreva o substantivo aqui … ] de vocês.

** Romântico & Carinhoso: **
Na minha época, chamar um cara de carinhoso era sinônimo de chamá-lo de homossexual. Aliás, tal palavra politicamente correta também não existia. Era viado, boiola, baitola, frango, boneca, quinta-feira, dorme-em-caixa e doador de bunda. Novos tempos requerem novos adjetivos.

As mulheres agora querem homens românticos e carinhosos. Se você quer ser romântico e carinhoso, é preciso seguir um exemplo notório e eficiente de um verdadeiro romântico de sucesso. Quem? Ele mesmo, o WANDO.

Wando é um zero à esquerda como cantor, mas um sucesso com as mulheres. O cidadão tem uma coleção de calcinhas que faz inveja até ao Júlio Iglesias. No show dele, só vai mulher: feias, bonitas, loiras, morenas, gordas, magras, altas, baixas… enfim, a diversidade que todo homem sonha.

Já pensou, se cada vez que você abrisse a boca para falar, as mulheres lhe jogassem a calcinha? Seria o paraíso. Não é difícil ouvir o depoimento de uma mulher que diz ter um orgasmo apenas em ouvir a voz do Wando.

A solução: passe na loja de CD’s mais próxima e compre todos os discos do Wando. Quando for levar a sua nova presa para jantar (sem trocadilhos), não hesite: coloque para tocar a coletânea do cantor e espere a reação dela.

De acordo com os estudos de campo realizados por este que vos fala, a cidadã ficará tão emocionada, mas tão emocionada, que não conseguirá pronunciar uma palavra sequer. Ficará muda, estagnada, abestificada. Tapada, eu diria. Novamente, não hesite em expor o seu romantismo. Olhe para ela e diga: “pode tirar a calcinha”.

** Sinceridade **
Antigamente, um homem podia ser tudo com uma mulher, menos sincero. Inclusive, no dia que se quisesse iniciar uma briga ou até mesmo terminar um relacionamento, bastava ser sincero. Às vezes, a sinceridade masculina resultava até em bala, facada, dedada no olho (de cima), tesourada, capada… enfim.

Sabe aquelas calças super-hiper-ultra-apertadas que as mulheres adoram usar e fica aparecendo a marca da calcinha? Pois é, se a gente diz quão ridículo elas estão, seríamos taxados de retrógrados ou dinossauros. Afinal, a moda dita regras e homem parece não entender nada de moda. De acordo com as mulheres, a moda é usar essas calças ridículas.

O segredo agora é ser mesmo sincero, já que elas adoram. Use uma expressão sem artifícios, de forma autêntica e objetiva. Da próxima vez que vocês forem à praia e ela colocar aquele biquíni minúsculo, deixando à mostra toda aquela flacidez exponencial e aquela barriga mole, seja direto e diga a verdade.

Diga que ela está parecendo o Bussunda em versão feminina, o cão chupando manga, um tribufú plantando bananeira. Procure outros adjetivos sinceros no dicionário. Sugira um maiô, duas horas de ginástica por dia e um regime forçado em caráter de urgência. Enfatize a palavra “urgência”.

A reação feminina será ótima, pois ela haverá de perceber que nossa sinceridade é para o bem, já que nós queremos apenas o melhor para a saúde e o bem-estar delas. Ponto para você, o homem sincero e adorado. Elas adoram sinceridade.

** Papo interessante: **
Seja sincero (você já aprendeu como fazer isso) e admita: a cascata é a chave da conquista. Dê uma guinada na sua vida e aprenda a conversar. Aquela história de que “cão que ladra não morde” é a maior cascata. Pense bem: se você é uma pessoa de poucas palavras, um ranzinza inveterado e um taciturno de plantão — mais ou menos como este que vos fala — a única saída é aprender a contar lorotas. Um Forrest Gump à brasileira.

Destarte, procure saber qual é a área de atuação profissional de sua vítima. Não pense em conversar sobre informática com uma analista de sistemas, por exemplo. Não vá falar sobre a imparcialidade da imprensa para uma jornalista; não fale sobre ciência para uma bióloga; de política para uma funcionária pública; e assim por diante. A razão é simples. Conversar sobre um assunto do interesse dela é fracasso certo, pois ela sempre saberá mais do que você e, conseqüentemente, você fará papel de analfabeto, de ignorante, de poltrão. Enfim, um verdadeiro pusilânime.

Misture as bolas — não as suas bolas, claro — mas sim as bolas temáticas. Ele é analista de sistemas? Decore todas as siglas partidárias e comece a falar sobre as nuanças políticas que envolvem dois vereadores de Oriximiná, cidade do interior paraense. Ela é funcionária pública? Pegue emprestado o livro de Física do seu sobrinho ginasial e desminta todas as teorias de Newton, Pascal e outros gênios que minha memória não permite recapitular agora. Comentar também sobre a extinção das baleias e dos golfinhos é uma excelente dica. Invista no papo “nada a ver”.

Para fazer com que ela ache que você é mesmo um gênio e um tem um papo super interessante, comente que você se encontra entretido em uma teoria, formulada e estudada por você mesmo, para provar matematicamente que o dobro de zero não é zero. E explique. Caso não dê certo, converse sobre um tema que mulheres pós-modernas adoram dizer que adoram: cerveja e futebol. É tiro e queda.

** Bom nível cultural: **
Cultura não se aprende por osmose, mas sim por leitura — já dizia minha antiga professora de Literatura que parecia com Matusalém. Pare de ler revistas inúteis como Carta Capital, República, Cult, Bravo e boletins especializados. Cancele todas e comece a assinar revistas que realmente fazem a diferença: Caras, IstoÉ Gente, Contigo, Amiga, Quem, VIP Exame, Trip etc. Não apenas leia as revistas. Decore-as.

Você notará como a conversa entre você e sua vítima irá fluir de forma desconcertante. Ela entrará em êxtase ao perceber que você consegue entender mais de novelas do que ela e está em dia com todas, inclusive as mexicanas. Mais adiante, não hesite em convidá-la para assistir uma novela interativa porno-erótica, porém cultural, que passa na TV do seu apartamento.

De acordo com estudos realizados pelo CRECA — Centro Rebelal de Estudos Cabaçais Aleatórios — é possível que ela indague o seguinte: “mas essa novela não passa em nenhuma TV, nem aberta, nem a cabo, pois eu conheço todos os canais”.

De forma romântica — você também já aprendeu como fazer isso — responda: “passa sim, é porque você ainda não conhece o MEU cabo”. Ela ficará embevecida com o seu romantismo e a sua sinceridade. Afinal, elas adoram isso.

** Sensualidade: **
Atire a primeira pedra quem não concordar: para conquistar uma mulher, você precisa ser carinhoso, ter bom nível cultural, papo interessante, ser atencioso, prudente, inteligente, um gentleman na rua e um animal na cama; além de outros 278 adjetivos a mais. Contudo, para conquistar um homem, a mulher só precisa tirar a roupa. Assim, simples. Mais fácil do que fazer menino.

Observe os tipos de homens que as mulheres apreciam (Mel Gibson, Paulo Zulu e outros frutinhas do cinema e televisão) e preste bem atenção na roupa que eles usam. Imite-os! Com a banalização de Zulus e Gibsons, o modelo de homem sensual foi imposto pela mídia como o tipo “saradão malhado”.

Logo, se você quiser usar aquelas camisas coladas, de mangas também coladas, bem ridículas, além daquelas calças justas, colantes, usadas por cantores como Zezé di Camargo & Luciano, o jeito é perder sua vida social, pedir demissão do emprego e se matricular em uma academia de ginástica. Malhe 8 horas de dia, faça apenas uma refeição, durma 8 horas diárias e
malhe mais 8. E não esqueça de tomar bomba, os chamados esteróides anabolizantes. Após um ano, não se preocupe se você estiver impotente e não puder mais traçar ninguém. Pelo menos estará sensual e haverá atingido sua meta.

** Boa Situação Financeira: **
Sem dúvida, a parte mais difícil. A situação financeira não depende apenas de você, mas sim de uma série de vertentes nas quais você possui pouco, às vezes nenhum, controle. Existe apenas uma saída: imite o governo. Peça dinheiro emprestado e, na hora de pagar, role a dívida por trinta, quarenta anos.

Pegue um bico naquele paletó do colega, pegue o carrão do seu pai. Na hora de levá-la para jantar, recorra a qualquer amigo do amigo do vizinho do primo da colega do tio da sobrinha de um conhecido seu que seja dono de restaurante.

Explique sua deprimente situação para o dono e, com certeza, ele consegue um jantar gratuito para você. Ele certamente também já passou por situação parecida. Por fim, na hora do motel, seja retórico. Diga que você não gosta de motel, pois gera um clima pouco íntimo e que ela merece mais, merece tudo do bom e do melhor.

Diga que na sua cidade não existe motel suficientemente decente para ela desfrutar do seu mais intenso amor. Mostre seu lado pseudo-sensível e vá para o apartamento emprestado de um colega. Diga que é seu, claro. Ela irá se sentir o máximo em conhecer seu ambiente de “trabalho”.

Nota da redação — não esqueça do mais importante, isto é, dizer que ela é a primeira e única mulher a conhecer o local. De acordo com estudos do CRECA, caso ela já tenha percebido que você é um homen sincero, com toda certeza ela irá acreditar piamente na afirmação.

** Desejar Compromisso Sério: **
Por motivos de filosofia de vida, o CRECA se dá o direito de não garantir a eficácia dos conselhos relacionados a este tópico.

Caso você note que o fator “compromisso sério” seja marcante na opinião de sua vítima, faça exatamente o que as mulheres fazem conosco quando querem nos assustar. Logo após o primeiro beijo, pergunte: “como será o nome do nosso filho?”

Na eventualidade de ela realmente pensar em compromisso sério, você não vai precisar fazer nenhum esforço, pois o êxtase será geral.

O único esforço, depois, será tirar uma nova identidade e trocar o número do telefone da sua casa. A depender da situação, um colete à prova de balas também é útil. Afinal, as maníaco-depressivas estão cada vez mais presentes na sociedade.

** Beleza: **
Finalmente, o último fator apreciado pelas mulheres. Como vocês devem ter percebido, as mulheres prestam atenção em tudo e, só por último, na beleza. E é claro que a gente acredita.

Bem, se beleza é a última coisa que as mulheres reparam nos homens, então por que se preocupar tanto? Deixe de fazer a barba todos os dias. Aliás, fazer barba para quê? Sabe aquele xampu caríssimo contra queda de cabelos? Poupe seu mingüado salário. Academia de ginástica? Esqueça. As mulheres não se importam com aquele bucho de chopp e aqueles pneus dignos de um caminhão de carga.

Por outro lado, se mesmo assim você acha que beleza não põe mesa – mas abre o apetite – e não tem dinheiro para pagar uma série de cirurgias plásticas no consultório de Ivo Pitanguy, o único conselho que este manual pode lhe dar é o seguinte: conforme-se e bem-vindo ao clube.

E, para descontar sua ira natural, faça ainda melhor: escreva páginas e mais páginas de besteiras descartáveis no e-mail, chame de crônica e mande para seus colegas e conhecidos. Eles irão ficar p. da vida. Objetivo alcançado. Não precisa agradecer.

Boa caçada em 2001.

6 comments On Como conquistar uma mulher

  • huAHUAuhaUUHAuhAUAU legal o texto tem partes bem engraçadas!!

    Um site que eu achei que contem um material muito bom é o http://www.artenaseducao.com/

    flww gente !

  • Excelente!!

  • lindo vc é demais!!!
    continue sempre assim.
    bjs

  • é, acontece o seguinte,que os homens esquecem que nao tem nem adiantado muito eles virem ser romanticos logo de cara,pq ja somos escovadas, e isso soa falso, pois os homens estaum esquecendo de atualizarem-se, ja nao caimos em cantadas baratas e homens que se fazem de apaixonados apenas para nos levar para cama, lógico que nao podemos achar que todo mundo so quer sexo, mas na dúvida é melhor nao arriscar, e nada de papo que nao tem problema dar no primeiro encontro, claro que tem, eles nunca acreditam que vc só ta dando no primeiro encontro pq é p eles.Aí a grande dúvida, pq qdo vc deixa claro que quer sexo eles querem namorar,qdo vc quer namorar eles querem sexo, cobra de duas cabeças haaaa,ainda nos chamam de loukas,é mole?

  • Gostei da ironia…

Comments are closed.

Site Footer

Sliding Sidebar

Instagram