Instalando o Windows Memphis

by

Paulo Rebêlo | setembro.1997
originalmente publicado no Jornal do Commercio (Recife)

O Memphis pode ser instalado sobre um disco rídigo limpo ou atualizar sua atual versão do Windows 95. Com o disco rígido limpo, o usuário terá a opção de 4 tipos de instalação. Entre elas, a instalação personalizada (Custom) onde todos os acessórios, add-ons e opções poderão ser ativadas, desativadas e/ou modificadas. Esta é a instalação mais recomendada, principalmente se sua versão atual do Windows 95 é em outro idioma diferente do inglês – o Memphis não estará disponível em outra idioma até o lançamento do produto final.

Para atualizar uma versão presente do Windows 95, o setup irá instalar todos os componentes que tiverem sidos selecionados previamente no Windows 95. Irá atualizar o registro e tudo que seja necessário. Após instalado, os novos componentes e opções do Memphis, poderão ser instalados a partir do Painel de Controle, em “Adiconar e Remover Programas”, tão conhecido para os usuários do Windows.

Até o fim deste texto explicativo, não foram relatados problemas em relação a este tipo de instalação – sobre uma atual versão do Windows. Em relação ao sistema de arquivos, Memphis manterá o sistema atual (FAT16) e posteriormente o usuário poderá usar o conversor para FAT32. Após convertido para FAT32, o disco rígido NÃO poderá ser re-convertido para FAT16, sendo a formatação e repartição o único meio de trazer de volta o sistema de arquivos padrão (FAT16).

Desinstalação do Memphis
Com o sistema FAT16 (padrão) poderá ser desinstalado normalmente e se tiver sido atualizado sobre o Windows 95, também há a opção de reaver o antigo sistema operacional. Se instalado com FAT32, apenas a formatação e repartição resolverão.
Integração Internet
Memphis vem com o Internet Explorer Suite em sua instalação. Muita atenção para esta versão. Ela não é nem o Preview 1 nem o Preview 2 do IE 4.0. Trata-se de uma versão especial para o SO, sendo recomendado o download de versões atuais do IE. Até o fechamento deste texto, a versão mais atual é a Preview 2 do IE 4.0. Esta versão especial do Memphis não trouxe bons resultados. É mais lenta e gasta muitos recursos do sistema. E como de praxe, também possui alguns “bugs” bem perceptíveis de brinde, entre eles o menu de Favoritos do browser.

Esta versão do IE, não pode ser desinstalada, mas uma versão atual/superior pode ser adicionado sem problemas ou conflitos. É altamente recomendado o download de versões atuais do IE. Ate´ agora, a integração Web pode deixar a impressão de pedir mais recursos da máquina.

Estabilidade sobre o Memphis
O usuário poderá notar logo de início, que o novo SO é bem mais robusto do que seu antecessor, o Windows 95. A instalação padrão do Windows 95 requer cerca de 70MB e já para o Windows 98 serão mais ou menos 230 MB – até a mais recente versão, beta 2.. Sendo assim, também ficará claro que o sistema é muito mais estável. A este aspecto, o Memphis em muito se parece com a atual versão 4.0 do Windows NT. Robusto e “mais” estável. Muitos bugs e problemas em relação a Winsock e Kernel foram corrigidos e aprimorados nesta versão do sistema operacional. A estabilidade também se vê presente sobre uma conexão Internet, principalmente com modems de alta velocidade.

Idiomas
A instalação do novo SO sobre um Windows 95 em português, pode resultar em uma desorganização no menu Iniciar Programas, Documentos, etc). Mas que pode ser resolvida com um recurso do Memphis que possibilita mover as pastas do Menu Iniciar diretamente com o mouse (segurando e arrastando). Até a versão final do Windows 98, só haverá versões em inglês. Programas em português, como o Office 95 ou Office 97, não trarão problemas posteriores quando instalados sobre o SO. A instalação do Internet Explorer 4.0 Preview 2 não deve ser feita.